terça-feira, 19 de junho de 2012

O Livro de Areia

Terminei de ler O Livro de Areia (1975) de Jorge Luis Borges. Sempre quis ler esse livro que estava na lista de indicações há muitos anos, acabei lendo antes, há vários anos, Ficções desse autor e me apaixonado. Esse livro é da Coleção Literatura Ibero-Americana que foi lançado pela Folha de S.Paulo. Esse é o primeiro volume que vinha junto com outro por somente R$ 16,90. São 14 contos variados, cheios de metáforas, realismo fantástico, mistérios... O conto que dá nome ao livro então é incrível, um livro que perturba tanto quem o tem que a pessoa quer muito rapidamente se livrar dele por medo que a preciosidade seja roubada. Gostei muito!


Trechos de O Livro de Areia de Jorge Luis Borges:

“O fato aconteceu no mês de fevereiro de 1969, ao norte de Boston, em Cambridge.”

“Completados os cem anos, o indivíduo pode prescindir do amor e da amizade. Os males e a morte involuntária não o ameaçam. Exerce alguma das artes, a filosofia, a matemática ou joga um xadrez solitário. Quando quer, se mata. Dono de sua vida, o homem também o é de sua morte.”

Beijos,
Pedrita

8 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Agradeço a dica. Vou assistir Deus da Carnificina.. Já tinha lido algo a respeito!!! Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  2. tem tanta coisa boa que não li!!! nossa, às vezes acho que não vai dar tempo!Acho que só li um unico conto dele. Beijos Pedrita e, como sempre, obrigado pela indicação

    ResponderExcluir
  3. fabio, creio q vá gostar de deus da carnificina.

    anamaria, tenho a mesma sensação q vc, nunca dou conta de tudo o q tenho pra ler, isso sem pensar no q sonho pra ler.

    ResponderExcluir
  4. Pelo teu texto já fiquei com vontade de ler este conto que dá nome ao livro, rs.

    Bjao

    ResponderExcluir
  5. eu acho q vc ia gostar muito de o livro de areia. esse conto inclusive.

    ResponderExcluir
  6. Curiosamente por cá só tem 13 contos e um epílogo que é um postácio do autor sobre os contos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, eu pensei isso qd li o seu texto. só se aqui conta a última parte como um conto.

      Excluir

Bons comentários!