quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Camerata Solistas Paulistas

Assisti aos Concertos CCBB de Música Clássica com a Camerata Solistas Paulistas sob regência de Júlio Medaglia na Igreja das Chagas do Seráphico Pai São Francisco. Eu já comentei sobre essa bela igreja aqui. Nunca vi tanta gente em um único lugar. Lotadíssimo! Impressionante como o público é amante de música erudita gratuita. E que repertório belíssimo. Foi muito emocionante ver muitos amigos por lá. Foi uma tarde inesquecível.

Programa
Antonio Vivaldi – Primavera das 4 Estações (violino e orquestra) Solista Lucas Targino, violinista
Andre da Silva Gomes – Ofertório: 1º Domingo da Quaresma (coro e orquestra)
J. S. Bach – Coral da Paixão Segundo São Mateus (coro e orquestra)
J. Bach – Ária para 4ª Corda (da Suite Orquestral n° 3)
J. Bach – Jesus Alegria dos Homens (coro e orquestra)
Villa-Lobos – Bachiana Brasileira nº 4 “Prelúdio” (orquestra)
F. Händel – And the Glory of the Lord (coro e orquestra)
P. Mascagni – Intermezzo da Cavaleria Rusticana
De Curtis – Ti Voglio Tanto Bene   Solista: Jarbas Taurino

De Curtis – Torna a Surriento   Jarbas Taurino
S. Cardillo - Core ‘ngrato  Jarbas Taurino
Hino  São Francisco de Assis  - Jarbas Taurino
F. Händel – Aleluia do “Messias”  (coro e orquestra)

Beijos,
Pedrita

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Meu Maior Inimigo

Assisti Meu Maior Inimigo (2011) de Wolfgang Murnberger no Max. Eu tinha visto os sites de filmes e tinham dois que pensei em ver. Fui pesquisar sobre esse e logo me decidi. É um filme austríaco na Segunda Guerra Mundial. Um judeu consegue proteção já que seus pais são donos de galerias de arte e muito influentes. Seu melhor amigo é o filho da governanta.

Até ele descobrir que seu melhor amigo não é tão seu amigo assim e que é um grande invejoso. Além de invejoso ele se mostra muito ambicioso. Meu Maior Inimigo é um filme muito bem realizado, com um roteiro muito inteligente. Logo no início mostra uma música clássica e a entrada de um campo de concentração. Lá um oficial ouve prazerosamente a música. Sempre fico pensando como os alemães conseguiam sentir prazer e viver alegremente em moradias ao lado dos campos de concentração onde tanta atrocidade acontecia. Meu Maior Inimigo é com um ator que gosto muito, o Moritz Bleibtreu.


Meu Maior Inimigo fala muito do interesse dos nazistas em obras de arte, até mesmo para firmar acordos com outros países. Alguns outros do elenco são: Georg Friedrich, Ursula Strauss, Marthe Keller, Karl Fischer e Udo Samel.


Beijos,
Pedrita

domingo, 23 de novembro de 2014

Eu Vou Tirar Você Deste Lugar

Assisti ao musical Eu Vou Tirar Você Deste Lugar - As Canções de Odair José de Sergio Maggio no Centro Cultural Banco do Brasil.  O diretor também assina a dramaturgia. Inspirados nas canções de músico pop, Maggio escreve uma história com personagens das músicas de Odair José. A peça começa com o relato de uma famosa cortesã na década de 20, a Nenê Romano. A peça então segue anos a frente quando a música de Odair José estourava.
Crédito da foto: Alexandre Magno

O espetáculo é muito divertido, e sem economia de músicas, 20 canções permeiam e contam a narrativa. A maioria dos atores são de Brasília e como cantam bem. Todos no elenco estão excelentes: Jones de Abreu, Camila Guerra, Gabriela Correa, Luiz Felipe Ferreira, Rodrigo Mármore, Tainá Baldez e Renato Milan. Há também uma ótima banda que fica no palco composta por Alex Souza, Renato Glória, William Gláucio e Vavá Afiouni. Odair José tinha muito rock´n´roll, o musical é uma animação só. No dia que assisti o Odair José estava na plateia, acabou subindo ao palco, estava muito emocionado e fez muitos elogios ao espetáculo.
Crédito da foto: Paulo Henrique

Esse musical estreou no CCBB de Brasília. Aqui em São Paulo a atriz convidada é a Watusi que foi a primeira negra a cantar no Moulin Rouge em Paris. E também a primeira brasileira a pisar por lá. Adorei conhecê-la e o seu desempenho. Gostei muito também dos cenários de Maria Carmem Souza, da iluminação de Vinícius Ferreira. Dos figurinos de Roustang Carrilho. Esse espetáculo fica em cartaz até 22 de dezembro e o mais incrível, os ingressos custam somente R$10,00.

Beijos,
Pedrita

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

O Homem que Ri

Assisti O Homem que Ri (2012) de Jean-Pierre Améris no Max. Vi o horário e o nome do filme pelo controle remoto, fui olhar elenco e sinopse, resolvi ver. É baseada na obra homônima de Victor Hugo e traz um elenco incrível Gérard Depardieu e Emmanuelle Seigner. Estão excelentes os protagonistas interpretados por Marc André Grondin e Christa Théret.

Vou falar detalhes do filme: É um drama romântico onde a bela jovem é intacta.Onde o amor romântico não pode se consumar antes da morte. Essa obra também é muito politica. Quero muito ler essa obra do Victor Hugo. O filme é muito bem realizado, belíssima reconstituição de época. 

Esse texto é da época onde as crianças eram muito maltratadas. O menino tem o rosto cortado com um sorriso medonho. Abandonado na chuva, e a cena do abandono é desesperadora. Na neve, morrendo de frio, encontra uma mulher congelada com uma criança viva em sofrimento. Ele carrega a menina, mas ninguém da cidade os socorre. Um homem pobre é que os salva e critica a falsa caridade cristã. As crianças são lindas interpretadas por Romain Morelli e Fanie Zanini.
Beijos,
Pedrita

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Trem Noturno para Lisboa

Assisti Trem Noturno Para Lisboa (2013) de Bille August no Telecine Cult. Vi o nome desse filme e filmes com trem no nome já vi vários. Fui pesquisar para ver se já tinha visto esse, mas como é recente, vi que não. Adoro o Jeremy Irons. Trem Noturno Para Lisboa é baseado na obra do suíço Pascal Mercier e tem uma trama muito intrincada.

Jeremy Irons interpreta um homem solitário que joga xadrez sozinho, vive em um apartamento repleto de livros. Ele sai de casa, na ponte salva uma moça que ia se jogar. Ela segue com ele que vai dar aulas, fica assistindo a aula, até que vai embora, mas deixa o casaco onde há um livro. Ele fica fascinado pelo que lê e começa a investigar sobre o autor. Pega então um Trem Noturno para Lisboa e lá vai investigar a história desse médico. É um belo filme. Gosto de vários atores do elenco: Charlotte Rampling, Lena Olin, Christopher Lee e
Bruno Ganz.

Alguns outros do elenco são:  Jack Huston, August Diehl, Mélanie Laurent,  Beatriz Batarda, Tom Courtenay e Martina Gedeck.



Beijos,
Pedrita