segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Grandes Olhos

Assisti Grandes Olhos (2014) de Tim Burton no TelecinePlay. Não sabia da existência desse filme e muito menos conhecia a triste história da artista plástica Margaret Kane. O filme é muito complexo, a história muito complexa, gostei da condução da trama, incrível. Começa com a pintora saindo de casa com a sua filha. Ela se separa do marido, vai para outra cidade. Consegue um emprego para pintar desenhos infantis em móveis e aos fins de semana vai a uma praça vender seus quadros em geral de crianças com grandes olhos. Ela é interpretada por Amy Adams.

Vou falar detalhes do filme: Na praça ela conhece outro pintor, muito falante, galanteador. Ele é interpretado brilhantemente pelo Christoph Waltz. E é ele que leva os trabalhos dela e dele para frente. A questão é que ele passa a dizer que ele que os pintou. Foram dez anos dele dizendo que ele era o pintor, em entrevistas, matérias na televisão e nos jornais.

É muito interessante quando ela vai a julgamento para tentar a autenticidade das obras, ela diz que só conseguiu o sucesso e a visibilidade graças ao marketing que o marido proporcionava, ele era um homem muito inteligente, muito, mas muito mentiroso, mas muito inteligente. Ele manipulava a mídia com sensacionalismo barato, levava as pessoas as lágrimas e as pessoas queriam os cartazes, não pagar pelos quadros, ele então passa a fazer pôsteres dos quadros e vender muito. Ele e a mulher enriquecem muito. Eu concordo com ela que se fosse por ela, ela venderia um ou outro quadro aqui e ali, na praça, mas a visibilidade, o sucesso, se deveu muito mais as jogadas de marketing, nem sempre éticas, do seu marido. Ela se casa rápido também, porque o marido que ela abandonou ia pedir a guarda da filha. Ela divorciada provavelmente ia perder, na década de 50 mulheres divorciadas tinham pouquíssimos direitos e muito preconceito.
Outra questão muito importante para mulheres que são dominadas e manipuladas pelos maridos é abordada no filme. Ele é muito inteligente e vai devagar afastando todos de sua mulher. É típico de homens que querem abusar da mulher, usar o dinheiro dela, é afastar de todos, afastá-la do convívio social. Assim ela fica frágil, acaba achando normal, que ele faz para o bem, que mulheres não vendem quadros, e isso não é totalmente uma mentira. É muito interessante que são Testemunhas de Jeová que batem a porta, depois que ela separou, que a ajudam a ter força para assumir a assinaturas das obras. Sempre sozinha, ela não tinha coragem. É esse grupo religioso que a apoia, que a ajuda a ter forças. Ela tinha fugido com a filha para o Havaí. E é lá mesmo que ela processa o marido. Mas vemos o tempo todo esse grupo perto dela, esperando ela sair do julgamento, na casa dela, apoiando. O quanto mulheres isoladas perdem a força e o quanto precisam de ajuda de grupos, não importa se com religião ou não, de amigos, ou de familiares, ou grupos de ajuda, para enfrentar e se fortalecer. É uma história e tanto. Ainda no elenco: Terence Stamp, Danny Huston, Krysten Ritter, Jon Pollito, Delaney Raye, Jason Schwartzman e Madeleine Artur. Amy Adams ganhou Globo de Ouro por sua interpretação.

Fiquei muito emocionada no final, quando aparece a Margareth Kane e vi que ela já tinha aparecido em uma cena. Tim Burton é brilhante. O filme é colorido, solar. Muito lindo!

Obra de Margareth Kane

Muita coincidência que os dois últimos filmes vistos tenham olhos no nome e falam de direitos autorais.

Beijos,

Pedrita

15 comentários:

  1. Também assisti sem saber sobre o filme e me surpreendi, um ótimo filme!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. fatima, os dois são ótimos. vou manter gravado o dos crocodilos caso consiga ver qd vier a sampa. esse tb tem como eu colocar pra vc ver.

      Excluir
  3. Ainda não vi esse filme, mas a atriz Amy Adams foi indicada ao Oscar como melhor atriz no ano passado.
    big beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lulu, eu achei a interpretação do Christoph Waltz bem mais marcante até pq o personagem é mais complexo. sempre em um tom acima, sempre alegre, mas sempre mentindo. não é um personagem fácil e ele está majestoso. adoro esse ator.

      Excluir
  4. Este eu assisti também. Conhecia a estória da pintora porque ela foi contada quando saiu a resenha do filme 'naquela' revista semanal, rsrs. Eu também atento muito para os costumes das épocas e geralmente me revolto com as maquinações sociais que já foram feitas para manipular as mulheres e abusar delas. Christoph Waltz é um ator muito talentoso e Amy Adams também é muito esforçada.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, eu adoro qd quem visita o meu blog tb viu o q eu vi. é muito bom mesmo e o waltz arrasa. eu não tinha lido nada a respeito.

      Excluir
  5. Olá, tudo bem? Assisti no domingo Frida y Diego no Teatro Raul Cortez.. Confesso que esperava mais.... Já vi a lista do Oscar e assisti a nenhum filme... Ai ai ai... Bjs, fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, tem muita peça que quero ver. eu quero muito ver o filme do inharitu que ainda não estreou.

      Excluir
  6. Vi este filme e gostei bastante.... bjos http://anaherminiapaulino.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Pois é, já voltei e quando tiver um filme assim, avise.
    Gosto muito de Amy Adms. Além de bonita é talentosa.
    O Christoph Waltz(alemão) só lembro de um filme com ele e Brad Pitt.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, te aviso sim. tenho visto mais no now então nem sempre tenho olhado o q vai passar, mas se ver te aviso.

      Excluir

Bons comentários!