terça-feira, 21 de dezembro de 2010

O Círculo

Assisti O Círculo (2000) de Jafar Panahi  em DVD na casa da minha irmã. Assim que vi esse filme entre os DVDs da minha irmã quis ver. Esse filme é iraniano, mas está censurado no país. Li uma entrevista do diretor onde ele diz que a maioria das produções iranianas são proibidas. É um filme difícil, que mostra a condição da mulher em um país onde elas não tem voz, liberdade e nem direitos. Para uma mulher no Irã ser presa não precisa muito e O Círculo mostra muito bem isso. Acabo de ler inclusive uma notícia de 20 de dezembro agora que fala que o diretor Jafar Panahi foi condenado há 6 anos de prisão no Irã por ter feito campanha contra o país nos seus filmes. O Círculo relata histórias de várias mulheres. A primeira mostra claramente o que é ser mulher nesse país. Começa com o nascimento de um bebê, a avó é informada que nasceu uma linda menina, a avó pergunta várias vezes se eles têm certeza de que é uma menina, já que o ultrassom dizia que era um menino. A avó fica desesperada e vai avisar outra filha para avisar a família e diz para a enfermeira que a família deverá pedir o divórcio porque nasceu uma menina. Divórcio em um país que mulheres não podem andar sozinhas. O Círculo ganhou Leão de Ouro no Festival de Veneza.


As mulheres não podem andar sozinhas nas ruas. Para viajar elas precisam de autorização dos pais ou marido. Enquanto os homens andam de camisa de manga curta, jeans, nas ruas, falam de negócios, as mulheres andam  com roupas em cima de outras, véus, escondidas, com medo, só falam entre si e são presas. A próxima história são de mulheres que foram soltas da prisão, estão com o passe de saída, mas sem identidade e querem viajar, a dificuldade para conseguir dinheiro. A mais nova que acaba de sair da prisão tem somente 18 anos. Uma amiga do trio é abordada por policiais e vai presa, as outras duas não entendem já que ela tinha o passe de saída. Nesse país sem direitos, esse passe parece não valer nada.  Depois é outra mulher que é expulsa pelo pai e irmãos, ninguém apoia uma mulher. Ela vai pedir ajuda a uma amiga enfermeira porque precisa abortar já que engravidou sem ser casada. No livro Infiel que li, a  autora Ayaan Hirsi Ali diz que em alguns países mulheres que andam sozinhas podem sofrer qualquer violência ou abuso sexual, já que mulheres sérias não andam sozinhas nas ruas. Em O Círculo elas ressaltam isso o tempo todo, quando não são os homens que questionam porque elas andam sozinhas sem os pais ou o marido. Mesmo para viajar, só podem fazer acompanhadas ou com autorização dos pais ou marido.

Depois vemos outra mulher que tenta largar a filha para ver se ela tem um destino melhor, já que ela e a filha não tem identidade. Essas mulheres que tem o passe de saída não tem mais identidade e com isso quase nada podem fazer, e os homens não querem falar com elas muito menos ajudá-las. O Círculo é um filme cruel e triste, que mostra um país onde as mulheres não têm direito algum, são presas por qualquer motivo, mesmo as livres não tem liberdade. Todas andavam nas ruas se escondendo, como bichos acuados, enquanto os homens andam normalmente, elas estão sempre com medo. O elenco é incrível, corajosas essas mulheres que aceitaram participar do filme, se elas ainda vivem no país, eu temo pela vida delas.





Beijos,

Pedrita

6 comentários:

  1. Fiquei muito curiosa para assistir esse filme. E, ah, que felicidade não morar no Irã. Imagine, eu, que não tenho pai nem marido, como ia me arrumar? estaria condenada à prisão domiciliar, no mínimo! Beijos Pedrita

    ResponderExcluir
  2. anamaria, no irã qq motivo leva uma prisão principalmente feminina. desafetos devem se livrar fácil de "mulheres indesejadas".

    dê, não acredito!!! kkkk

    ResponderExcluir
  3. ESSAS MULHERES SO PRECISAM MUDAR A MENTE, OLHAR MAIS O LADO OCIDENTAL DO MUNDO AONDE BEM OU MAL PELO MENOS NÓS MULHERES TEMOS IDENTIDADE... A
    IDADE MEDIA JA FOI!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Pedrita,
    voce viu um filme chamado A FITA BRANCA?

    ResponderExcluir
  5. Pedrita, passei para desejar a você um Feliz Natal!!!!

    ResponderExcluir

Bons comentários!