sábado, 2 de junho de 2012

Facas nas Galinhas

Assisti Facas nas Galinhas de David Harrower no Espaço da Companhia do Feijão. Eu tinha ficado intrigada com o nome dessa peça e queria ver, mas quando vi que o teatro era na Praça da República, fiquei receosa, até que uma amiga disse que é do lado do Teatro de Arena que tinha ido. É uma ruazinha no final da Consolação, um lugar de fácil acesso, tem estacionamento, perto de ponto de ônibus. Ótimo! O teatro lembra um pouco o Teatro de Arena na disposição do palco e da arquibancada.

Eu adorei Faca nas Galinhas. Tudo é tão bem coordenado, funciona tão bem que viajamos para esse campo no passado. É um texto poético, metafórico sobre um casal que vive no campo. Ele é um trabalhador incansável, ara a terra, cuida dos cavalos, gostou da esposa porque viu que ela ia ser durona no trabalho como ele. Ela é poética, adora conhecer o nome de tudo, o que cada objeto faz. Ela acaba conhecendo o homem que cuida do moinho. Os três atores estão incríveis, Eloisa Elena, Cláudio Queiroz e Thiago Andreuccetti.

Há vários fios que passam sobre o palco que fazem os efeitos sonoros, de uma criatividade e resultado surpreendente. Parecia realmente que eu ouvia e via os cavalos, o som da água, do moinho. Essa instalação sonora é feita por Dr Morris e Maurício Mateus. O cenário de Marco Lima é incrível também, Um tablado redondo com grades, com poucos e inteligentes recursos que mudam muito o espaço e já nos imaginamos ora no moinho, ora na casa desses lavradores, ou no campo. A construção do cenário foi realizada pela One-Zone Estúdio.  Também gostei muito dos figurinos assinados pelo cenógrafo. Os figurinos são funcionais, bonitos, remetem ao passado, mas fáceis de modificar e adaptar. A iluminação é de Marisa Bentivegna, lindas as instalações para luz de vela e nos reportam realmente a uma época que não existia luz elétrica. A realização é do Barracão Cultural. Desse grupo eu vi a incrível peça A Mulher que Ri e comentei aqui. Essas lindas fotos são de João Caldas. Facas nas Galinhas fica em cartaz até o dia 15 de julho e os ingressos custam somente R$ 15,00, menos que o ingresso de cinema em São Paulo.

Beijos,
Pedrita

7 comentários:

  1. Preciso ir a um teatro, ver uma boa peça. Bom texto e indicação, Pedrita.
    Esse título ja nos remete a um domingo de família, quando a pobre da galinha é o prato principal. Interessante!

    ResponderExcluir
  2. Deve ser excelente. A foto deles ja inspira. Quando eu puder, voce conferir. Ainda mais voce dizendo que ó lugar é tranquilo. Facilita muito.
    Bjos e bom domingo!

    ResponderExcluir
  3. Parece ótimo mesmo. O título já desperta bastante curiosidade.

    ResponderExcluir
  4. Pedrita, legal quando a gente sai para assistir a uma peca e ela vai além das nossas expectativas.

    Boa semana

    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  5. ruby, vc vai gostar.

    camille, é ótima essa peça.

    bruxa, eu fiquei muito curiosa qd vi o título.

    georgia, confesso q minha expectativa era alta com esse espetáculo.

    ResponderExcluir
  6. Será que depois do dia 11 ainda estará em cartaz? Quando eu voltar de Ouro Preto quero ir ao Teatro.
    Ontem eu vi Quanto mais quente melhor, com a MM. ADOREI!NO TELECINECULT.

    ResponderExcluir
  7. facas nas galinhas fica em cartaz até o dia 15 de julho.

    ResponderExcluir

Bons comentários!