domingo, 27 de maio de 2012

Mulheres sem prazo de validade

Terminei de ler Mulheres sem prazo de validade - Hora de mudar o jogo, meninas. (2012) de Pauline Herbach pela Scortecci Editora. Gostei muito! Pauline Herbach trouxe crônicas de seu blog Camélia de Pedra que acompanho há anos. Ela é blogueira como eu. Está há oito anos dividindo os seus pensamentos sobre a sua visão de mundo. Posso até pensar diferente em uma ou outra questão filosófica, mas seu olhar é tão embasado, inteligente, que acaba me dando uma outra forma de encarar aquela questão.

Obra Beleza Pura (2006) de Beatriz Milhazes

Exatamente o que acontece comigo, Pauline Herbach pode falar de vários assuntos, crônicas e blogs permitem essa liberdade. A autora fala de filmes, mulheres, filhos. Adorei a crônica do buffet infantil. Ela falou também do filme que adorei, Horton e o Mundo dos Quem! que comentei aqui. Claro que eu me identifico muito com as crônicas que falam da mulher, do seu aprisionamento a um homem, do fato de muitas mulheres não amarem em liberdade e se escravizarem no amor do outro. 

Obra Casas e Livros Sob Neblina de Olga Lebedeff

Primeira frase do livro Mulheres sem prazo de validade - Hora de mudar o jogo, meninas. de Pauline Herbach

“Adoro hidroginástica. Até porque esse tipo de atividade que, além da de escrever, e poucas outras, a gente pode ousar que vai dar para fazer até o final da vida.”

A autora, as pintoras e a compositora são brasileiras. A autora e a artista plástica são do Rio de Janeiro.

Beijos,
Pedrita

9 comentários:

  1. Ainda não li, mas também considero o tema bem interessante. Quando a pessoa se aprisiona e depende do outro acaba aprisionando o outro também. Acho engraçado quando as pessoas reclamam ou veem o fato de ser solteira como um defeito ou um problema. As relações são bem melhores quando as duas pessoas sabem ser livres e gostam disso.

    Horton e o Mundo dos Quem é muito fofo! ;)

    ResponderExcluir
  2. Quantas dicas! Muito bem escolhidas, como sempre. estou com dois livros pra ler, mas ainda me falta tempo pra desfrutar com prazer e sossego uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  3. Oi Pedrita,
    Muito boa essa sua dica. Já fui lá conferir. Adorei também suas sugestões de filmes. Ando nessa ultimamente. Quinta feira fui assistir A dançarina e o ladrão. Já foi ver? Fiquei com algumas ressalvas mas de qualquer forma, é um belo trabalho. Vale a pena ver.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi, Pedrita, Vou lá agora mesmo para conferir. Suas indicações são sempre boas. Obrigado pelas resenhas. Abraços. paz e bem.

    ResponderExcluir
  5. bruxa, há uma obrigação que temos q viver em casal. não deveria ser obrigação e deveríamos gostar de ficarmos sozinhos tb.

    ruby, eu carrego sempre os livros e são tantas esperas q acabo sempre lendo.

    roseli, não sabia desse filme, vou pesquisar.

    jose claudio, obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Muito bacana o que voce escreveu Pedrita.
    Obrigada. Fico tb feliz de saber que voce gostou do livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. camille, q honra, eu gostei muito do livro e gosto muito dos seus textos.

    ResponderExcluir
  8. Pedrita, tai um livro que eu vou gostar de ler.

    A Cam tem pensamento profundos e às vezes acompanhá-la fica difícil.
    Mas tenho certeza que a leitura dessas crônicas deve ser fantástica. Até porque a Cam tem uma cabeca magnifica.

    Bjos

    ResponderExcluir
  9. georgia, são crônicas fantásticas sim, vc vai gostar.

    ResponderExcluir

Bons comentários!