domingo, 15 de março de 2015

Birdman

Assisti no cinema Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) (2014) de Alejandro Gonzáles Iñárritu. Eu queria muito ver esse filme, já tinha tentado em outra data. Nem achei que estava ainda em cartaz, foi uma felicidade descobrir que estava em algumas salas em poucos horários. Gosto muito desse hábito atual dos filmes não ocuparem uma sala na totalidade e estarem em alguns horários. Eu amo esse diretor mexicano, está entre os meus preferidos. Seus filmes são sempre densos e difíceis. Birdman é baseado no livro de Raymond Carver,

Eu tinha visto Babel de Iñarritu e Birdman é muito diferente. Babel é global, grande elenco, em vários países. Birdman tem um pequeno elenco, cenas intimistas, muitos monólogos. Incrível como esse diretor é versátil. As caminhadas de câmeras são impressionantes. Mais impressionantes é que elas não seguem o ator, em algum momento a edição tem uma união onde vai para outro tempo, absolutamente genial, mas nós nem percebemos. Uma aula de cinema. 

Birdman permite tantas leituras, é tão complexo, com tantos temas, que é difícil falar sobre ele. É definitivamente o melhor papel de Michael Keaton. Incrível como o filme se mistura a realidade, tem metaliguagem. Fala de família, teatro, cinema, indústria americana de cinema, idade, prepotência, drogas. São tantos assuntos que fica fantástico.

Estranhamente Birdman fala de algo muito atual que se confunde com a vida do ator. O protagonista fez várias sequências de filmes de super-heróis, o Birdman. Ganhou muito dinheiro e é uma celebridade, mas ele só emprestou o corpo para o super-herói, nem a voz é dele, a maioria são efeitos especiais. Será então um ator? Interessante que a questão da celebridade também é forte no Brasil, alguém que fica famoso, mas não pelo seu talento e a dificuldade de depois tentar provar que é bom em algo e lidar com todo o preconceito. O protagonista quer estrear uma peça na Broadway e é questionado por todos se merece ocupar um teatro quando atores de verdade poderiam fazê-lo bem melhor. Mas será mesmo? Outra ironia é que eles precisam trocar um ator que teve um acidente, mas todos os ótimos atores que desejam estão comprometidos com filmes de super-heróis e suas sequências como Robert Downey Jr.


Os atores estão despidos de suas vaidades como no teatro. Fazem muitas cenas ridículas. Também não há tratamento de imagem que atenuem as rugas, estão lá com suas imperfeições e idade real. O elenco é todo maravilhoso e com atores que amo: Naomi Watts e Edward Norton. Outros que estão ótimos são: Emma Stone, Zach Galifianakis, Andrea Riseborough e Amy Ryan. Birdman ganhou merecidamente inúmeros prêmios: 4 Oscars - Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original e Melhor Fotografia. Michael Keaton ganhou Melhor Ator de Comédia no Globo de Ouro.
Neste blog tenho do mesmo diretor o maravilhoso Biutiful.
Muitos amigos blogueiros falaram do filme aguçando a minha vontade de ver. Só agora que vou ler em detalhes porque não gosto de saber antes detalhes dos filmes. Vou linká-los aqui:
Panoticum
Filme do Dia



Beijos,
Pedrita

12 comentários:

  1. Inicialmente pensei pelo nome que era um filme de um super-herói, depois descobri que era um filme sobre um ator de um filme super-herói, por agora terei dificuldade de ver esse filme pois pela minha ilha o cinema está com equipamento desatualizado para os novos suportes de filmes.
    Gostei muito de Babel, este não sei quando conseguirei vê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, eu presto a atenção em tudo o que esse diretor faz. é fantástico.

      Excluir
  2. Olá Pedrita,
    Quero muito ver esse filme.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  3. Já vi que não vou gostar.
    Gosto de filmes que tenham começo, meio e fim.
    Essa coisas complicadas, nem tenho interesse.

    Pedrita tem um Notebook Dell, muito bom e que não me deu problema até agora(4anos).
    Acontece que ele não consegui conexão, com ele.

    E o problema do computador de mesa é que a CPU, vive precisando ser limpa, da maresia.
    Observei agora que o travamento é com o Mozilla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, eu uso o google chrome que acho excelente, tudo parece ficar mais leve e ágil.

      Excluir
  4. Um filme incrível que realmente merece todos os prêmios que ganhou.

    http://filme-do-dia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A direção de atores, os longos planos-sequência, as atuações e a crítica ao mundo do cinema, do teatro e as celebridades são os pontos altos do filme.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Também gostei deste filme. Não bastasse a coincidência entre a vida real do ator com a do personagem, o filme aborda muitos temas e provoca reflexões.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, exatamente, ator perfeito para o personagem. e bem complexo.

      Excluir

Bons comentários!