domingo, 14 de maio de 2017

Resománica

Assisti ao espetáculo Resománica da Perspectiva Escénica na Refinaria Teatral. É um grupo teatral mexicano que está no Brasil em intercâmbio com a Refinaria Teatral da Zona Norte. A direção é de Paola Vidal que está no elenco com Javier Rodriguez. Muito impactante o espetáculo. 

Foto de Jorge Vite
Resománica é muito angustiante. Primeiro um som em blackout. Depois um homem e uma mulher, ela na cadeira de rodas. E uma relação abusiva entre os dois. Que horrível coincidência o espetáculo mexicano colocar uma mulher em uma cadeira de rodas e não lembrarmos da Maria da Penha, que foi parar em uma porque levou um tiro de seu companheiro. Macabra coincidência. Incrível a linguagem corporal dos dois. Angustiante trilha sonora.

Foto de Ana Szcypula



A Refinaria Teatral promove intercâmbio há anos com grupos latino-americanos. E pode agora trazer o grupo mexicano pelo projeto Duas Culturas, Duas Visões, Uma Mesma Problemática via Lei de Fomento para que promovam oficinas e apresentem essa peça. Em junho os dois grupos farão uma peça juntos. Os dois grupos abordam questões sociais de seus países e foi muito assustador ver as semelhanças com o Brasil, com o machismo brasileiro. Também a impaciência com um cadeirante, algo que acontece tanto entre quatro paredes. Muito angustiante. 
Uma graça o espaço.

Beijos,
Pedrita

4 comentários:

  1. Hello, Pedrita!
    Infelizmente quantas mulheres estão em uma cadeira de rodas ou em cima de uma cama por causa dos seus companheiros.
    Deve ser angustiante e ao mesmo tempo uma lição para todos nós esse espetáculo.

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, quando sobrevivem. muito triste. triste pensar que no méxico não é diferente.

      Excluir
  2. O nome da peça é enorme e estranho.
    Penso que violência não deve ter sexo, nem cor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, a atriz parece bem andrógena. pode ser mesmo de qq sexo. o nome é diferente mesmo.

      Excluir

Bons comentários!