sexta-feira, 12 de maio de 2017

Criminal

Assisti Criminal (2016) de Ariel Vromen no TelecinePlay. Quando vi esses nomes no elenco: Kevin Costner, Gary Oldman e Tommy Lee Jones quis ver. O diretor é israelense. Não chega a ser um grande filme, mas tem uns assuntos interessantes para debate sobre a mente e seus mistérios. E também Kevin Costner está impressionante!

Um agente da CIA é morto com uma informação importante logo no início do filme. Um médico é procurado para tentar transferir a mente do agente para outra pessoa para que a CIA tenha a informação. Essa técnica só foi testada em ratos, o médico tem receio de testar pela primeira vez em humanos, mas por pressão acaba aceitando. O médico escolhe um presidiário que tinha perdido parte do cérebro em um acidente na infância e não tem sentimento algum. É aqui que começa a parte interessante do filme. Seria muito bom pegar pessoas perigosas, sem sentimentos, e colocar no cérebro informações que a humanizassem.

Outra questão interessante é a abordagem de quem é o vilão da história. Se um fanático que matou o agente da CIA que tenta descobrir. Ou se o chefe da CIA que é um monstro também. Pelas informações não é menos monstro que o fanático. Kevin Costner está incrível porque o personagem muda com a cirurgia. Era inumano e aos poucos vai se tornando sensível por influência dos sentimentos do homem que colocaram no cérebro. Alguns outros do elenco são: Jordi Mollà, Ryan Reinolds, Gal Gadot, Michael Pitt, Amaury Nolasco e Alice Eve
Beijos,
Pedrita

20 comentários:

  1. Olha o Ryan no filme genteeeeeeeeeeeee que lindinho!
    Gostei da dica Pedrita, vou procurar para assistir.....e parece ter um ótimo roteiro.

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pamela, nem sabia o nome desse ator. a participação é muito pequena.

      Excluir
  2. Apesar dos exageros, o filme prende a atenção e tem cenas de ação competentes.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, realmente tem exageros. mas o roteiro central é interessante.

      Excluir
  3. Uau, não conhecia esse filme. Adoro o Kevin Costner. E ele está bem diferente mesmo.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, kevin costner está impressionante. tb não conhecia esse filme.

      Excluir
  4. Vi que este filme tem um elenco de peso e toca em dois temas interessantes, a possibilidade de transferência de cérebro (tem que ser cérebro pois a mente é imaterial, rsrs) e uma certa reflexão sobre a vilania, rsrs.

    ResponderExcluir
  5. Kevin Costner está irreconhecível nessa foto.
    Adoro Ryan Reynolds.
    Deve ser um filme interessante.
    Fala de um assunto que breve será possível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, está muito diferente mesmo. no início então demorei pra descobrir quem era. mal conheço esse ator e ele faz uma participação bem pequena. é bem interessante sim.

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Assisti Joaquim. Bom filme. Vale a pena dar uma conferida lá non Caixa Belas Artes. O ator Julio Machado está impecável. Bjs, Fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, joaquim está tendo muitos elogios, mas confesso que não me animei. quem sabe na tv a cabo. queria ver o da emilly browing.

      Excluir
  7. Não conhecia esse filme. A ideia é interessante mesmo e já dá para pensar que algum dia será possível na vida real.

    ResponderExcluir
  8. Que elenco poderoso! Deve ser bom o filme
    big beijos

    ResponderExcluir
  9. Oláááááááá Pedrita
    Esse é um daqueles files que dá vontade de assistir só pelo elenco rsrs
    Gostei do filme, uma trama interessante que apesar de ser ação, em muitos momentos sentimos carinho do Jericho pela família do Pope!
    É como se com as memórias também os sentimentos (e a empatia) tivessem sido transferidas.
    E um ser se transforma numa espécie de redenção científica.
    Adorei vc ter trazido o filme para resenha!
    Como sempre nota 10 :)
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, foi o q aconteceu comigo. a sinopse nem me animava muito. mas o elenco foi decisivo. exatamente, a mudança do jericho faz torcermos por ele, mesmo ele tendo sido quem foi. e dá muito dó da família do protagonista. não deve ser fácil estar envolvido com profissionais q envolvem tantos segredos. obrigada.

      Excluir
  10. Pedrita,
    Eu assisti e gostei, eu amo o lindão do Kevin Costner!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, é bem legal né? melhor do q parece.

      Excluir

Bons comentários!