quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Na Roda da Fortuna

Assisti Na Roda da Fortuna (1994) dos Irmãos Coen no Telecine Cult. No domingo fizeram uma homenagem a Paul Newman com a exibição de vários filmes com o ator. Esse foi um deles e quis ver. Recentemente vi o meu primeiro filme com os Irmãos Coen, O Homem que não estava lá e tinha vontade de ver mais um. Na Roda da Fortuna é muito inteligente e tem ótimo elenco, mas eu ainda prefiro o primeiro que vi. Acho a estrutura de Na Roda da Fortuna bastante convencional, achei O Homem que não estava lá bem mais original. Mas por gosto dos dois, porque são ótimos filmes.

Mais um filme que se torna muito atual. Começa com o sócio majoritário comentendo suicídio. Ele tem a maioria das ações, não tem descendentes e as ações irão ao mercado na virada do ano. Os sócios resolvem colocar um diretor "imbecil" no controle da empresa, para assustar os acionistas, baixar o preço das ações e eles poderem comprar e continuar no poder da empresa. O roteiro dos Irmãos Coen é muito engenhoso e inteligente.
O elenco também é incrível. Tim Robbins faz o "imbecil", Paul Newman o sócio minoritário que encabeça o plano e Jennifer Jason Leigh a jornalista que se infiltra na empresa para desmascarar o golpe.

Música do post: Waltz From Masquerade Suite - Aram Khachaturian




Youtube The Hudsucker Proxy Trailer

Beijos,

Pedrita

13 comentários:

  1. Nunca vi este filme. Sempre admirei o Paul e fiquei triste com sua morte.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Assisti esse filme na época da estréia. Eu gosto muito de Paul Newman e ele sempre srá lembrado pelos ótimos papéis no cinema.
    Denise

    ResponderExcluir
  3. heheheheehh!!! Filmes antes de 1999, antes dos filhos, hahahhahahah!!!

    Eu o assisti, adorei a trama.

    Pedrita, está no que elas estao lendo a sua resenha. Entrou esta noite, desculpa a nossa falha. A Flavia está viajando pela Europa e estava em Marrakesch e com aqueles teclados foi impossível dela colocar no ar sua resenha na data programada, e eu nao podia colocá-la, pois ela tinha tudo engatilhado no email particular dela.

    Passa lá para responder aos comentários e convida os seus amigos daqui para te vistar lá.

    http://www.elasestaolendo.blogspot.com/

    Um grande beijo e uma ótima quinta prá você.

    ResponderExcluir
  4. Corrigindo, aprtir de hoje a Flavia chega na Europa, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Pedrita!!!
    Assisti, e simplesmente adorei...
    Um beijão!!!

    ResponderExcluir
  6. Vi "The Hudsucker" já há muito tempo e gostei. Acredito que "O homem que nao estava lá" seja melhor, como a Pedrita diz, mas esse filme nao vi.

    A Pedrita também se interessa por literatura. Gostava de saber se conhece Jean-Marie Gustave Le Clézio? Quero dizer se já leu alguma coisa dele?
    Aqui, só conhecemos "O Africano",
    que em portugues, penso eu, que se chama "Deserto". Foi uma boa surpresa a escolha deste autor. Mas eu gosto de surpresas. Aqui estavam a contar com a Herta Müller.

    Saudacoes outonais!

    ResponderExcluir
  7. Adorei
    Gostava que fosse a
    arte-e-ponto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Vontade de ver os dois filmes..mas vim mesmo pra dizer que estou com saudades. A vida anda corrida, mas não esqueço os grandes amigos de blog...e, vez em quando, apareço. Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Olá Pedrita

    Muito bom blog que você tem, gostei muito do vi, e prometo voltar cá.

    abraços

    ResponderExcluir
  10. Muito bom esse filme. Já o outro, "O Homem que não Estava Lá", eu não assisti...

    ResponderExcluir
  11. marion, tb fiquei muito triste. vc ia gostar do filme e das relações na empresa.

    dê, ele está ótimo mesmo em a roda da fortuna

    georgia, é verdade georgia, antes de 99 eu via pouca coisa porque trabalhava à noite. adorei a resenha no o que elas estão lendo, comentei no post seguinte minha participação. obrigada.

    roseli, é bacana mesmo.

    ematejoca, esse tb é bom, mas como vc gosto mais do outro. eu não li nada do le clezio.

    celia, tb sinto saudades

    passeio das estrelas, obrigada

    aqueta, veja o outro, é bárbaro.

    ResponderExcluir
  12. Este filme dos Coen é um verdadeiro divertimento.
    PS- Ainda de férias vamos tentar deixar os comentários em dia:)
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir

Bons comentários!