sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Leningrado

Assisti ao filme russo Leningrado (2007) de Aleksandr Buravsky no Cinemax. É uma co-produção com a Grã-Bretanha. Fiquei curiosa em ver esse filme. Foi muito difícil de achar informações porque as poucas que têm estão em páginas em russo. Li que o filme é baseado em fatos reais, mas não consegui achar informações para comparar o texto do filme e a vida da jornalista em que foi baseado. É a Segunda Guerra Mundial, Hitler está perto de ocupar Leningrado. A estratégia é impedir a chegada de alimentos para que todos enfraqueçam. Uma jornalista inglesa vai com um grupo fazer uma cobertura no campo de batalha, são atacados e ela é dada como morta. Ela acaba sendo resgatada por um carro e fica escondida em Leningrado na casa de uma família. Lá há duas crianças e ela começa a ajudá-las na sobrevivência.

Sempre li e ouvi da escassez de alimentos na guerra, dos cupons para receber o pouco que há, do mercado negro, mas nunca tinha visto nada tão radical como em Leningrado. A cota de pão vai diminuindo, até que eles começam a dar pelos cupons terra com açúcar. A jornalista é interpretada por Mira Sorvino, depois há um grande número de atores que não conheço. Gabriel Byrne faz uma participação.


Música do post: 09 - Rachmaninov - Piano Concerto No.2 in c- Piano Duet version - 1st Movement



Beijos,

Pedrita

13 comentários:

  1. Olá Pedrita!
    Este filme ainda ainda não chegou às nossas salas, mas ficou registado.
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir
  2. parece interessante... será que encontro em locadora???

    bjs

    ResponderExcluir
  3. paula e rui, acho difícil achar esse filme.

    ana baldner, acho que dificilmente vc vai achar em locadoras. eu procurei pela rede e é praticamente desconhecido em tudo quanto é lugar.

    ResponderExcluir
  4. oi pedrita, preciso começar a me atualizar um pouco mais sobre alguns destes filmes, valeu pela dica.bjs

    ResponderExcluir
  5. Não vi.
    Portugal ainda não teve ocasião para isso.
    Mas fico na expectativa.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia, agora quero assistir.

    ResponderExcluir
  7. O cerco a Leningrado (hoje São Petesburgo) fez a morte de 1 milhão de civis. A maioria morreu de fome, frio ou doenças como tifo. Dizem que as pessoas ficavam tão desesperadas que cometiam atos de canibalismo, comendo seus parentes mortos.
    Denise

    ResponderExcluir
  8. Oi, querida! Fico feliz que meu post tenha lhe trazido boas lembranças da infância. Eu não conhecia a música, ouvi pela primeira vez no filme Sete Vidas (cena da dança do casal protagonista, formado por Will Smith e uma moça q não me recordo o nome). O filme é belo e triste de doer.

    Um beijo e, aproveitando, Feliz 2009 atrasado pra ti!

    ResponderExcluir
  9. marcos, eu tenho os sites dos canais no computador e quando tenho um tempinho vejo o que vai passar e o que gostaria de ver. descubro preciosidades.

    quintela e ana maria, é um filme difícil de achar.

    dê, o filme mostra um pouco desses horrores.

    camila, um ótimo 2009 pra vc tb.

    ResponderExcluir
  10. Pedrita, nao vi o filme. Pensei que fosse um filme antigo com nova versao. Mas nao sei se assisti.

    Um beijao

    ResponderExcluir
  11. Pedrita, achei legal o seu interesse pelo assunto, já que o predominante é o heroísmo americano de "hollyood", na II guerra ou os 6 milhões de judeus. Infelizmente, pouco sabemos da "verdadeira guerra", a da frente oriental, que Hitler deu o nome de "Operação Barbarossa", com o objetivo único de banir da face da terra os, na época, povos soviéticos.Pouco se sabe, no Brasil, sobre Leningrado, mas se tiver interesse em saber com detalhes posso lhe indicar dos "tijolos":"The Battle for Leningrad 1941-1944, by Glantz, David M,660 páginas; e "THE 900 DAYS-The Siege of Leningrad", by Salisbury,Harrison E., 633 páginas. São relatos fidelíssimos do que ocorreu naquela tragédia. Além dos canhões e dos aviões, o "Field Marshal Ritter von Leeb" tinha ordens do "Füehrer" para exterminar o povo de Leningrado, pela fome. Um anel de exercitos nazistas se fechou em torno de Leningrado. Quanto ao filme, me surpreendeu. Tirante a parte da jornalista ele foi bem fiel - mas bem atenuado - do que foi o sofrimento dos leningradenses, ante a selvageria, a brutalidade, a barbarie dos "cultos" alemães. Foi um grato prazer encontrar o seu blog, já que eu também estou pesquisando sobre o filme que gravei, é claro. Muita paz!

    ResponderExcluir
  12. Olá, sabe onde encontro esse filme? Não achei nem na internet!

    se souber, por favor me manda um email lmfontoura@gmail.com

    obrigado

    ResponderExcluir
  13. esse filme passa de vez em qd no cinemax.

    ResponderExcluir

Bons comentários!