quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Cold Mountain

Assisti Cold Mountain (2003) de Anthony Minghella em DVD. Detestei! Absurdamente melodramático! Tudo é óbvio, exagerado e artificial! Eu comprei esse DVD em um sebo e o adquiri porque achei que era uma história desses três personagens em uma fazenda na montanha. No início mostrou uma Guerra Civil Americana. Achei que ou ia mostrar a vida daquele soldado antes, ou depois, mas não, a guerra se arrasta no filme todo. Cold Mountain se arrasta em uma sucessão de equívocos e exageros melodramáticos. Volte e meia eu pensava, mas isso não se encaixa, percebia furos. E o casal principal, Jude Law e Nicole Kidman, não está bem. Toda vez que começa uma cena, pode esperar sempre o mais trágico dela. Até nas cenas extras do DVD haviam exageros monumentais. Como a da personagem da Natalie Portman, que soou muito artificial. E é muito difícil que naquela época um soldado carente, solitário, evite uma mulher sozinha só porque ama outra mulher. Ainda mais se essa mulher pedir que ele durma com ela e ele aceitar. Surreal!


Cold Moutain é muito arrastado e muito longo. Devem inclusive terem diminuído muitas cenas, bem a mais do a que as que estão nos extras, então tem muitas lacunas. Renée Zellweger é a que está melhorzinha, tanto que ganhou Oscar, Globo de Ouro e Bafta de Melhor Atriz Coadjuvante. O elenco é muito bom, mas estranhamente vários grandes atores estão muito caricatos como: Philip Seymour Hoffman , Kathy Baker e Donald Sutherland. E eu fiz bem de só ler o resumo na caixinha depois de ver o filme que como sempre conta o final.

Música do post: Cold Mountain- Andrey Cechelero




Beijos,

Pedrita

10 comentários:

  1. Olá Pedrita

    Também já vi este filme e não tive muita paciência para a história até porque esperava melhor, dado o tema que parecia ser apelativo.

    Beijinhos
    Isabel

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Curioso como nem sempre bons atores colocados juntos rendem um bom filme, né?
    Quando assisti pensei isso na época.
    Bom dia para você, Pedrita.

    ResponderExcluir
  3. Oi pedrita, eu já vi Cold Mountain e concordo com você, o elenco é de primeira mas o filme ... bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não vi, não tive muita curiosidade.

    Boa idéia comprar DVD em sebo. Muitas vezes é mais barato que alugar.

    ResponderExcluir
  5. Vim dar um passeio no seu blog indicado pela sua postagem no meu. O 'passeio', que seria curto, alongou-se, por causa dos posts bem escritos e espirituosos. Vejo pelo contator que já se encontra batendo nas portas dos 200.000 leitores, o que não é para qualquer blogueiro, mas somente para aqueles que possuem realmente algo a dizer.

    Concordo em gênero, número e grau com a barbárie que tomou conta das pessoas que vão aos cinemas atualmente.

    ResponderExcluir
  6. Cold Moutain é um filme pouco feliz. Vi-o em DVD, que trouxe da biblioteca, pois era pena gastar para tal filme o dinheiro do bilhete do cinema. Quanto à Renée Zellweger não a achei melhorzinha,
    achei que ela fazia um papelão. Ao princípio nem reconheci o Philip Seymour Hoffman e o Donald Sutherland.

    Mando-lhe, Pedrita, mil cheirinhos das minhas várias flores!

    ResponderExcluir
  7. isabel, é isso mesmo, usou a palavra exata que me faltou, apelativo.

    elaine, é verdade, não adianta só um bom texto, ou um bom elenco. há muitos fatores que geram um bom filme.

    marcos, adorei: "o elenco é de primeira mas o filme..."

    ana maria, descobri no sebo uns dvds, mas a maioria não é grande coisa. mas eu acho mais em conta comprar que alugar. as lojas americanas mesmo vendem muitos dvds por 9,90, ou um pouco a mais, e nós aqui aproveitamos bem. nós emprestamos entre mãe, irmã e faxineira. todas nós aproveitamos.

    andré, quanta honra! e obrigada pelos elogios. o contador está alucinado assim pq são 7 anos de história. mesmo mudando de sistemas o contador me acompanhou.

    ematejoca, eu não curto a renée, então achei melhor colocar os prêmios do que dar a minha opinião sobre o trabalho da atriz. achei que está melhorzinha nesse filme. obrigbada pelos cheirinhos das flores, estão perfumando minha casa.

    ResponderExcluir
  8. Olá Pedrita!
    Não fomos ver este filme, porque não somos grandes fans da Miss Kidman e sempre que lmos algo sobre o filme,ficams com a certeza que foi uma boa opção termos na época ido para a Gulbenkian, ver um concerto, em vez deste drama intensamente construído em busca os Oscars.
    Beijinhos
    Paula E Rui Lima

    ResponderExcluir
  9. Pedrita, conhecendo o estrangeiro melhor por aqui, posso te dizer que eles sao muito diferentes do homem brasileiro que nao resiste a uma outra mulher mesmo que ele esteja apaixonado por outra. O homem estrangeiro é satisfeito com a mulher que ele ama e ele é capaz de viver uma vida inteira sem ter uma outra mulher só porque ama uma outra. Posso, aceitar bem essa cena sim, já que conheco o lado de cá. Os homens estrangeiros na sua maioria, claro, que nao sao todos, eles sao fidelíssimos. Eles podem olhar, achar atraentes, mas ele te dizem na cara: Comer, eu como em casa ou entao te respondem: Tenho melhor em casa: AMOR.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. georgia, é muito raro em qq país homens que passam pela guerra, sofrendo todo o tipo de carências, não se relacionar fisicamente com uma mulher com quem dormem. é muito artificial.

    ResponderExcluir

Bons comentários!