segunda-feira, 7 de março de 2011

Cãndida

Assisti ao espetáculo Cândida de Bernard Shaw no Teatro Augusta. Desde o ano passado que eu queria ver essa peça. A direção, cenários e figurinos são de Zé Henrique de Paula e a realização é do Núcleo Experimental. Um reverendo, mestre da oratória é casado com uma linda mulher. Eles têm uma vida pacata até que se aproxima da família um jovem poeta de 18 anos. O texto é todo ambíguo, forte e contundente.Gostei da escolha da direção que fez os atores apresentarem os personagens no meio da peça com o texto rico e inteligente do Bernard Shaw. Normalmente nós assistimos a um espetáculo com a visão do diretor sob os personagens, dessa vez, nosso olhar se organiza conforme o olhar do autor. Eu não li esse texto, mas se tivesse lido, eu veria a escolha do diretor, mas já saberia a do autor, claro, se lembrasse, gostei da ideia do diretor nos lembrar do olhar do autor. Inclusive o texto é tão magnífico que quero ler agora. Outra questão é que raramente falam de amor, o realismo de Bernard Shaw incomoda, os sentimentos são bem mais reais e bem mais difíceis de aceitá-los.

Cândida é a bela e talentosa Bia Seidl, o reverendo é o ótimo Sergio Mastropasqua. Os outros do elenco são: Thiago Carreira, João Bourbonnais, Fernanda Maia e Thiago Ledier. Cândida fica em cartaz só mais esse mês. Fui em um sábado de carnaval e o teatro estava muito cheio. Meu pai tinha perguntado de manhã se ainda havia público para teatro já que hoje tem a televisão, e eu disse que sim. Ele vai ficar surpreso que mesmo em um sábado de carnaval o teatro estava quase lotado.



Beijos,
Pedrita

5 comentários:

  1. Oi Pedrita
    Nossa que incrivel, deve ser um texto fantastico.
    Aqui em Manaus com a inauguração de mais umt eatro "grande" tem vindo mais peças, infelizmente agora eu to ficando triste d enão conseguir ir a todas kkk
    Bjao

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Sempre admirei o trabalho da Bia Seidl.. Acredito que a atriz não foi aproveitada, como deveria, na nossa televisão. Bjs e bom Carnaval. Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  3. nossa, o jovem poeta é jovem mesmo muito jovem! Tema interessante, Pedrita. Beijo, bom final de feriado

    ResponderExcluir
  4. gammelo, fico feliz que mais peças cheguem até aí.

    fabio, eu gosto demais da bia seidl, foi o principal motivo de querer ver esse espetáculo e tb pelo bernard shaw. eu acho q ela teve grandes papéis na tv.

    anamaria, o rapazote tem 18 anos no texto da peça.

    ResponderExcluir

Bons comentários!