segunda-feira, 9 de maio de 2011

Direito de Amar

Assisti Direito de Amar (2009) de Tom Ford no Max. Desde que vi esse filme na programação da HBO queria ver. Adoro Colin Firth e a Julianne Moore. É um triste e delicado filme. Aos poucos vamos sabendo o que aconteceu com esse homem solitário. A tristeza dele dói na alma. Ele perdeu o seu amor em um acidente de carro. É tão doloroso! A família do rapaz não queria avisá-lo. Alguém escondido liga um dia depois para avisá-lo. Ele quer comprar passagem para ir ao enterro, mas a pessoa que liga diz que é só para a família. Depois ficamos sabendo que esse casal viveu junto 16 anos, mas ele não é considerado da família. O título original em inglês é muito melhor, A Single Man.

O filme é muito bem editado. As cores dos filmes também são um espetáculo. A cada emoção há uma luz, uma cor ou falta dela. A fotografia é majestosa. Os dois belos rapazes que aparecem no filme são interpretados por Nicholas Hoult e Matthew Goode. A trilha sonora também é belíssima! Colin Firth ganhou Prêmio de Melhor Ator no Bafta e Festival de Veneza. Tom Ford ganhou prêmio de Melhor Diretor no Festival de Veneza.


Beijos,
Pedrita

5 comentários:

  1. Acho que eu vou rachar de chorar quando assistir esse filme, rs

    ResponderExcluir
  2. Pedrita, quando vi o título deste post no meu reader achei que o post era sobre a novela...rs..

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? No sábado, assisti Rio.. Gostei do que vi! Bem descontraído e não só para criança!!!Vale a pena o entretenimento puro. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  4. kinha, é de chorar mesmo.

    marion, ah, então é daí q o nome não me era estranho. esse filme é lindo, vc vai gostar.

    ResponderExcluir

Bons comentários!