segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Flores Raras

Assisti no cinema Flores Raras (2012) de Bruno Barreto. Há anos acompanho as matérias sobre a realização desse filme, desde quando começaram escolher as atrizes para interpretar a poeta Elizabeth Bishop e a arquiteta Lota de Macedo Soares. O meu interesse por esse filme contagiou minha mãe no último ano que igualmente passou a assistir entrevistas sobre a sua realização. Em uma das entrevistas, os produtores falaram da dificuldade de conseguir patrocínio para um filme que falaria do amor entre duas mulheres. Nós adoramos Flores Raras.

Eu amava os poemas de Elizabeth Bishop e me surpreendi em saber que ela viveu 20 anos no Brasil e que parte de sua produção foi escrita aqui, inclusive a obra Norte & Sul que levou a poeta a ganhar o Prêmio Pulitzer.
Não conhecia o trabalho da arquiteta Lota de Macedo Soares, responsável pelo parque do Aterro do Flamengo. Elizabeth Bishop vem ao Brasil passar poucos dias em uma viagem de barco para relaxar e no Rio de Janeiro vai visitar uma antiga amiga, a companheira de Lota. Elizabeth resolve logo ir embora, mas uma alergia por ter comido caju, faz com que ela fique mais tempo e ela e a Lota se apaixonem. Surge então um difícil triângulo amoroso, imposto por Lota que quer continuar a amizade com sua outra companheira Mary. Outra dificuldade foi superar a diferença entre as duas, mas pelo tempo que viveram juntas, elas conseguiram harmonizar por muitos anos os seus temperamentos. Belíssima a forma como Flores Raras retrata esse romance. Glória Pires e Miranda Otto arrasam nas personagens. 

Os figurinos são belíssimos. E a casa construída por Lota em Petrópolis é lindíssima. Carlos Lacerda é interpretado por Marcello Airoldi. A Mary por Tracy Middendorf. A Joana por Luciana Souza.

Chemin de Fer - poema de Elizabeth Bishop
Tradução de Paulo Henriques Britto

Sozinha nos trilhos eu ia,
coração aos saltos no peito.
O espaço entre os dormentes
era excessivo, ou muito estreito.

Paisagem empobrecida:
carvalhos, pinheiros franzinos;
e além da folhagem cinzenta
vi luzir ao longe o laguinho

onde vive o eremita sujo,
como uma lágrima translúcida
a conter seus sofrimentos
ao longo dos anos, lúcida.

O eremita deu um tiro
e uma árvore balançou.
O laguinho estremeceu.
sua galinha cocoricou.

Bradou o velho eremita:
“Amor tem que ser posto em prática!”
Ao longe, um eco esboçou
sua adesão, não muito enfática.


Beijos,
Pedrita

15 comentários:

  1. Estou louca para ver esse filme. Vi várias entrevistas da Glória Pires e da Miranda Otto, antes mesmo da estreia. Pelo pouco que vi é um filme lindissimo. A Glória Pires deve arrasar, adoro ela! Acho o trabalho dela formidável.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, tente ver sim, o filme é lindo, delicado. e elas arrasam.

      Excluir
  2. Também quero assistir. Parece bem interessante e uma oportunidade de conhecer mais sobre elas.

    Que ridículo isso de dificuldade para conseguir patrocínio! Quanto preconceito, meu Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bruxa, nem me fala. a laís bodansky tb teve dificuldade de captar patrocínio para bicho de sete cabeças por falar de drogas e manicômio. que atraso.

      Excluir
  3. Pedrita, quero muito assistir ao filme. Deve ser muito bonito mesmo. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Pedrita, eu li o livro sobre elas, gostei mas nem tanto, em alguns momentos achei que o livro se arrasta. Talvez, pra mim, seja uma das poucas vezes em que vou gostar mais do filme! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. anamaria, eu tenho curiosidade de ler o livro.

      Excluir
    2. Acho que vc deve ler sim, muita gente achou ótimo. Gostar ou não de uma leitura tem a ver com estado de espírito, às vezes o livro é muito bom mas simplesmente não estamos no clima para ler aquilo.

      Excluir
  5. Não conhecia a poeta e depois de ver as chamadas do filme na TV paga, eu tive interesse em ver, Com certeza na próxima semana eu verei. Ficou ótimo o post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ruby, sempre gostei dos poemas da elizabeth bishop.

      Excluir
  6. bom o filme né?? gostei!! bj http://anaherminiapaulino.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ah quero muito ver esse filme. Tenho ouvido falar tb. Agora fiquei mais animada. Bjos

    ResponderExcluir
  8. To querendo ver!!! É bom mesmo?!!! Beijos!!!

    ResponderExcluir

Bons comentários!