quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Eu Não Dava Praquilo

Assisti a peça Eu Não Dava Praquilo de Elias Andreato no Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo. Cássio Scapin faz uma homenagem a grande atriz Myrian Muniz. Eu queria muito ver esse espetáculo. Adoro a atuação do Cássio Scapin e gosto muito da direção do Elias Andreato. Achava incrível a interpretação da Myrian Muniz no cinema e na televisão. Se vi, vi pouco a Myrian Muniz no teatro. Finalmente consegui ver a peça. Eu não conseguia me programar pra ver desde que estreou. Cássio Scapin simplesmente arrasa, esquecíamos que era ela e já achávamos que era a Myrian. O texto é bem inteligente, com muita fala dela mesma, muito engraçado. Eu Não Dava Praquilo conta a vida da atriz que foi ser atriz por um acaso. Fala dos trabalhos na Escola Macunaíma e nas aulas de teatro que lecionou. Eu Não Dava Praquilo fala muito de teatro. As soluções para transformar o Cássio na atriz são ótimas. Muito difícil interpretar uma atriz tão única e Cássio faz com maestria. É incrível! Eu Não Dava Praquilo fica em cartaz até essa semana, mas no final o Cássio Scapin avisou que segue para o Teatro Renaissance em São Paulo.

 
Beijos,
Pedrita

6 comentários:

  1. Adoro o Cassio Scapin. E vou confessar que não sei quem é Myriam Muniz, muito prazer! Mas se vc diz que é boa, espero que venha para Fortaleza
    Beijos
    adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, é possível que vc tenha visto a mirian muniz atuar, mas não lembre. eu nem me lembrava q ela está nos maias.

      Excluir
  2. Vi pouco a Myrian Muniz na TV.
    Não gostava do timbre de voz dela.
    Deve ser uma gande homenagem mesmo.
    Adoraria assistir, pq sou apaixonada por estórias de vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, eu semrpe amei as interpretações da mirian muniz e senti muito de ter visto tão pouco.

      Excluir
  3. Oi Pedrita,
    Me deu saudades de teatro, faz tanto tempo que eu não vou!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nina, eu tenho me esforçado pra ir mais.

      Excluir

Bons comentários!