sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Valente

Assisti Valente (2012) de Mark Andrews e Brenda Chapman no Telecine Premium. Eu tinha uma expectativa muito alta dessa animação. Valente é uma menina que foge aos esteriótipos e lutava muito para ser aceita como era. Mas a animação é muito moralista, o castigo que a Valente recebe por ser diferente é muito grande, cruelmente moralista. Um aviso para as meninas que querem ser diferentes. Fiquei chocada. No final eles até atenuam, fazem a mãe e a filha se entenderem e se respeitarem, mas é tudo tão cruel com essa menina que o remendo não conserta.
Beijos,
Pedrita

19 comentários:

  1. Meu Deus! Não imaginava assim. Não tive muita curiosidade de assistir, mas na tv a cabo talvez eu veja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bruxa, pode ser o meu olhar q viu dessa forma, me revoltou.

      Excluir
  2. Não me chamou esse filme.Não vi! beijos,lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  3. Que horror! Eu não assisti ainda esse filme e como vc tinha ótima expectativa sobre esse filme! Que absurdo esse moralismo todo! Recriminar quem é diferente! Não gostei. Afinal sempre fui diferente...rsrs...
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, é "sutil" o moralismo, mas está ali a condenação.

      Excluir
  4. Olá, tudo bem? Eu não costumo assistir animações. Rs... Que legal o Cassio Scapin levara peça para o Teatro Renaissance. Adoro aquele teatro!! Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, eu adoro animações. tb adoro o cássio scapin.

      Excluir
  5. Não fiquei tão surpresa com o moralismo ao assistir ao filme, mas ficou abaixo da minha expectativa. alguns momentos até foram engraçadinhos, mas acho que desacostumei com as animações!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lê, qd a animação é boa gostamos. é q essa não é boa. eu estranhei o moralismo. a maioria não tem. só shrek q é altamente preconceituoso como esse.

      Excluir
  6. Eu gosto de animação. E aqui com a Infanta, vejo, em retalhos, em pedaços, os filmes.
    O que mais gostei nela foi dos cabelos vermelhos.
    Acho que vou gostar qdo assistir por inteiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, o cabelo dela é lindo. eu adoro animações, mas essa é muito moralista e ruim.

      Excluir
  7. Pedrita, nao achei isso tudo nao. O filme abrange o tema de uma forma forte e intensiva é verdade, mas talvez esteja ai o enredo para nos levar a pensar sobre os preconceitos que temos que lutar para vencê-los.
    Claro que já vimos melhores...

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oi Pedrita,
    Não tinha pensado por esse lado, da mensagem que o filme pode passar para quem resolve ser diferente, mas você tem razão. Assisti pensando nas cobranças da época e gostei muito de ver a cumplicidade entre pai e filha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nina, o começo até é bacana, mas depois do encontro com a bruxa desanda.

      Excluir
  9. Eu sou apaixonada pela menina Valente desde o trailer, seus cabelos ruivos, seu cavalgar e tudo o mais... Comprei o dvd para conhecer a história. Concordo com você, há algo de incomodo no filme... o desenrolar da história tem um que de crueldade mesmo... um aviso que ser diferente pode não ser legal... um aviso um tanto quando incomodo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. exatamente, até pq o aviso é subliminar. eu amei os cabelos vermelhos, a coragem. aí tudo desanda.

      Excluir
  10. Pedrita, eu gosto muito de Valente. Não vi o filme como moralista não. Para mim, no final de tudo, ela sai vitoriosa, consegue ficar livre, escapar do casamento arranjado. O filme mostra como é difícil fugir dos padrões estabelecidos pela sociedade , mas mesmo com tudo contra, Merida não se curva. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marion, q bom q vc teve um olhar mais otimista. quem sabe as meninas que querem quebrar paradigmas tb vejam assim.

      Excluir

Bons comentários!