quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Tudo Pelo Poder

Assisti Tudo Pelo Poder (2011) de George Clooney no Telecine Touch. Resolvi ver porque tenho lido que o George Clooney tem investido em projetos que questionam o meio em que vive. Achei estranho do filme estar no Telecine Touch e fiquei com receio de ser muito banal, mas é excelente! No início George Clooney interpreta um candidato a governador. Ele faz um discurso, eu estava com sono e fiquei com receio que o filme todo ia ser por aquele caminho e que ia deixar pra ver outro dia. Mas Tudo Pelo Poder toma um rumo interessantíssimo. O nome original é mais interessante mas não serve no Brasil, The Ides of March, mas o nome encontrado no Brasil é péssimo.

George Clooney não aparece tanto. Boa parte do filme passa com os responsáveis pela campanha. Dois grandes atores Ryan Gosling e Philip Seymour Hoffman. O personagem do Ryan Gosling acredita muito no candidato, trabalha por paixão. Ele é convidado pelo Philip Seymour Hoffman a trabalhar na campanha. Me incomoda essa transformação de políticos em heróis nas campanhas. São pessoas comuns que representam na política, esse exagero de palmas, como se fosses deuses, me incomoda profundamente.

O roteiro é muito bom e é baseado no livro Beau Willmon, Farragut North. O elenco continua incrível. Paul Giamatti interpreta um profissional da oposição. Evan Rachel Wood a estagiária. Alguns outros são Jeffrey Wright, Marisa Tomei e Max Minghella.



Beijos,
Pedrita

17 comentários:

  1. Boa dica, Pedrita! Vou procurar pra ver. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Gostei da dica. Eu gosto de filmes que retratam politicos, mesmo os politicos americanos, politica é tudo igual mesmo...rsrs....
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, é um tema que raramente me atrai. e particularmente eu me incomodo com o heroísmo americano. e no brasil com os marketeiros fora da realidade.

      Excluir
  3. Muito legal a ideia.
    É sempre bom questionar o mundo em que se vive e a forma de se viver.
    Parece um filme ótimo e a capa é bem interessante
    M&N | Desbrava(dores) de Livros

    ResponderExcluir
  4. Não vi o filme, mas parece-me interessante.
    Também não descobri por que se chama Idos de março no original.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, me interessou, mas não sabia do filme até ler a sinopse e elenco pra escolher um filme pra ver.

      Excluir
  5. Ainda não assisti. Lembro que indiquei para a minha mãe e ela adorou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bruxa, que bacana, acho q vc vai gostar tb.

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Eu assisti ao filme no cinema!!! Muito bom para quem curte política. Bem interessante. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, acho q eu não veria esse filme no cinema, não me empolgaria em complementar a bilheteria.

      Excluir
  7. Oi Pedrita,
    Tenho a impressão que já assisti...tenho que perguntar para o meu marido, nunca lembro do que assistimos, só quando o filme repetido começa que eu acabo lembrando.
    Ontem a peça do meu filho foi linda! Uma versão da Gata Borralheira. Eu fiquei toda orgulhosa dele!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nina, eu tenho problema em saber de alguns filmes tb. deve ter sido linda a peça.

      Excluir
  8. Oi, Pedrita,

    Vi o final deste filme (há tempos) e lamentei não visto o começo, pois o George Clooney de fato tem escolhido uns projetos diferentes e interessantes.
    Também gosto do povo todo do elenco: Philip Seymour Hoffman, Ryan Gosling e Paul Giamatti.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, tente ver inteiro então, é muito interessante. pena q já sabe o final.

      Excluir
  9. O nome original não ajuda, não é?
    Nem sabia que estava na programação.
    O elenco é muito bom.
    Seria bom rever Marisa Tomei.
    Quem sabe ainda posso assistir.

    ResponderExcluir

Bons comentários!