sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Luiz Guilherme Pozzi - Recitais Eubiose

Assisti Luiz Guilherme Pozzi ao piano nos Recitais Eubiose. Impressionante! O público estava tão estarrecido como eu ao final. Que pianista! E que repertório extenso e difícil. Inicialmente ele tocou a Sinfonia nº 32 de Beethoven. Depois ele explicou resumidamente um pouco da obra seguinte. Duas canções de Schubert sobre o moleiro e sua esposa, que foram transcritas para o piano por Liszt. Ele contou que os músicos sabem que Liszt sempre complica as obras na transcrição. Que lindas obras: Der Müller und der Bach Gretchen am Spinnrade. Depois o pianista falou de detalhes da belíssima obra de Prokofiev que ia interpretar em seguida, a Sonata nº 7. Ele disse que foi composta na época da Segunda Guerra, que o primeiro movimento lembra as comunicações pelo código morse. Que a segunda é dramática e a terceira é inumana. Belíssima obra, incrível interpretação. Foi simplesmente maravilhoso esse recital!

Beijos,
Pedrita

8 comentários:

  1. Achei muito interessante o pianista ir explicando, quase ninguém faz isso e faz muita falta principalmente para pessoas, como eu, que gostam de musica mas não entendem muito. Vou indicar para uma amiga que mora aí e adora piano! Pedrita, eu não vou parar meu blog, só transformá-lo! Deixei uma resposta pra vc lá. Beijos e ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. anamaria, boa parte dos concertos que vou eles explicam. não chega a ser um concerto aula. falam do nome da obra e alguma particularidade. nos brasileiros então acontece bastante já que os músicos conheceram os compositores e sabem como a obra foi constituída, período etc. avise a sua amiga sim. quem sabe ele toca algum outro dia em são paulo.

      Excluir
  2. Não conhecia o intérprete mas conheço quase todo o reportório tocado.
    Em Portugal nos meus tempos de universitário em Lisboa havia aos sábados à tarde concertos comentados pelo maestro Atalaya que explicava as obras aos ouvintes, enquanto o convidado tocava excertos precisamente para deixar claro a ideia do maestro. Eu adorava esses concertos comentados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos como disse a anamaaria, esse não chegou a ser um concerto comentado, mas o pianista falou um pouco sobre as obras.

      Excluir
  3. Esse instrumento é perfeito. Adoro recitais de piano, concertos, sou fã de música clássica. Que bom gosto, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ruby, eu gosto muito de piano, mas amo mesmo são outros instrumentos de orquestra.

      Excluir
  4. Muito legal. Há concertos que parecem até transportar a gente para uma outra dimensão, né? rsrs. Acho maravilhoso poder assistir às performances de gente que sabe executar a sua arte com excelência.

    Beijo e bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, esse realmente foi impressionante.

      Excluir

Bons comentários!