terça-feira, 15 de julho de 2014

Cape Fear

Assisti Círculo do Medo (1961) de J. Lee Thompson no Telecine Cult. Eu tinha visto o Cabo do Medo posterior, gostei muito desse. Cape Fear é baseado no livro de John D,. MacDonald. É sutil, mas intenso. Robert Mitchum arrasa como o perverso e pedófilo homem. No passado o advogado viu uma mulher ser atacada pelo perverso e depõe contra esse homem. Nós acompanhamos a história 8 anos depois quando esse perverso é solto e começa a infernizar a vida da família desse advogado.

O perverso diz que estudou direito quando esteve preso, então ele sabe como se proteger e não ser preso. É insuportável ver esse homem ameaçando, mas sempre sem testemunhas, não ser visto. Cape Fear é muito bem realizado. A jovem menina é interpretada por Lori Martin, em uma época que as interpretações de crianças e adolescentes eram bem artificiais e caricatas. O cabelo dela também arrumadinho demais é bem artificial para uma adolescente. A atriz tinha 15 anos quando interpretou nesse filme. A mãe é interpretada por Polly Bergen.

O policial é interpretado por Martin Balsam. O detetive por Telly Savalas. O advogado defensor dos direitos humanos dos presos e ex-presidiários por Jack Kruschen. Uma belíssima mulher por Barrie Chase. E Edward Platt

Beijos,
Pedrita

13 comentários:

  1. Sabe Pedrita, o bom de visitar seu blog é que sempre encontro dicas bem diferentes, nada daquilo que todo blog sempre fala! Isso é sempre muito bom, ando um pouco cansada de ler sempre a mesma coisa por aí! Parabéns! E sim, o filme parece ser bem interessante, só me resta torcer pra passar de novo no Telecine Cult!

    Bjs, Michele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. michele, eu falo da minha vida cultural e procuro diversificar. obrigada.

      Excluir
  2. que eletrizante! e ai, ele afinal é pego?
    te respondi lá no meu olhokaolhodopombo!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Assisti a um episódio de As Brasileiras com a Ivete Sangalo. Era em Salvador. Não acompanhei As Cariocas. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  4. Eu morri de medo de Cabo do Medo.
    É um filme tão violento, tão assustador que nem sei se assistiria novamente.
    O que revi por esses dias foi "Entre 4 paredes" (In the bedroom) com Sissi Spacek e Tom Wilkinson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, é muito forte realmente. esse da sissi spacek não vi.

      Excluir
  5. Pedrita, tava revendo meu blog e achei alguns comentários teus por lá, acho de 2008. Tô aqui pra te avisar que reativei o OutroCine. Quando tu puder dá uma passadinha por lá! http://outrocine.blogspot.com.br

    Parabéns por ser uma das poucas pessoas que não desistiram e que tem um blog faz tantos anos, melhor: Que mantém um blog ativo há tantos anos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. yerko, quanto tempo. vou lá conhecer.

      Excluir
  6. Os dois são grandes filmes, com a diferença de que a obra de Scorsese é mais explosiva, muito pelo desempenho de Robert De Niro como o psicopata.

    O grande Robert Mitchum também faz um vilão marcante no original, assim como tinha feito o vilão do ótimo "O Mensageiro do Diabo".

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, eu acho o do scorsese muito forçado. acho o mitchum muito impactante. mais real.

      Excluir

Bons comentários!