sexta-feira, 7 de abril de 2017

Jane Got a Gun

Assisti Jane Got a Gun (2015) de Gavin O´Connor no Max. No Brasil está equivocadamente como Em Busca da Justiça. Não tem absolutamente nada a ver. Adorei o filme porque é muito feminino. Impressionante a personagem da Natalie Portman. Gosto muito de filmes com mulheres fortes, guerreiras e corajosas. Começa com o marido dela sendo baleado, a filha pequena brinca fora de casa. Ele é interpretado por Noah Emmerich. Ele avisa que um homem está vindo.

Ela deixa a filha com uma conhecida e vai buscar alguém para ajudá-la. Ele é interpretado pelo Joel Edgerton. O filme aos poucos e bem aos poucos vai contando as duras histórias dessas pessoas. Gosto de filmes que mostram a dureza de viver nos Estados Unidos nesse período que só a bala salvava. Eram vidas duras, cheias de saques, mortes, cartazes de procurados e infelizmente muito estupros.

E Rodrigo Santoro faz uma participação. 

Ewan McGregor interpreta o vilão, mas bandido é que não falta no filme. Eu adoro a maioria do elenco. Alguns outros do elenco são: Boyd Hoolbrock, Sam Quinn e Alex Manette. Lindinhas as meninas que fazem as filhas da protagonista.

Beijos,
Pedrita

15 comentários:

  1. Li sobre este filme em outro site, mas acabou não me chamando a atenção.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, eu tb não tinha dado importância, até ver o trecho da natalie com o santoro. como adoro os dois resolvi ver e é muito bom.

      Excluir
  2. Só conheço Natalie Portman e Ewan McGregor.
    Os outros são desconhecidos, sem falar de Rodrigo Santoro.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Eu assisti Jogo do Dinheiro. É um filme que retrata a escrotidão dos efeitos da crise de 2008 na economia mundial...Bjs, Fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, exatamente, embora tenham suavizado dando a ideia de q era um fato isolado por uma causa individual. não do coletivo de especulações como aconteceu realmente.

      Excluir
  4. Olááááá Pedrita
    Quando vi o título lembrei do Aerosmith rsrs mas depois quando li Em busca da Justiça liguei o nome ao filme.
    Eu gostei, gosto dessa pegada de western.
    O papel do Ewan McGregor era para ser do Jude Law, mas ele abandonou o papel quando a então diretora Lynne Ramsay saiu :/
    Muitos acham que foi uma história simples, mas eu acho que foi conduzida e envolvente, nas duas primeiras partes o drama foi mais devagarinho com a apresentação dos mistérios, na última parte teve o up e até reviravolta. Não achei ruim nem a pegada de romance, fazia parte :)
    E se o Santoro só aparece numa cena (que eu achei marcante) não é culpa dele, mas da divulgação do filme, que fez parecer que ele era um dos protagonistas.
    Excelente fds pra ti
    Bjs Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli o nome no brasil gera exatamente essa confusão. tem um nome quase igual e vários semelhantes. foi péssima a ideia de colocar esse nome até pq não é isso o filme. ah, obrigada, não sabia q era para o jude law. ewan está muito bem. tb não achei nada simples a história. é uma história dessas mulheres abandonadas a própria sorte. ela pede proteção a um grupo que deseja fazer mal a ela e a filha. e imagino q ela tenha sido hostilizada pela cidade por ter engravidado solteira. por isso quis partir. é um filme muito feminino. não é à toa que a natalie está na produção do filme, pq fala muito da fragilidade feminina em um ambiente sem leis. o romance mostra exatamente a fragilidade da mulher. ela vai mundando, é livre, linda e solta no início, mas quando fica sozinha e grávida vai ficando austera e dura. é lindo o momento das duas irmãs de mãos dadas no final. me emocionei. o filme tem muitas sutilezas. ah, não vi q na divulgação santoro aparecia muito. mas é um personagem marcante.

      Excluir
  5. Nossa! Parece ser muito bom esse filme!
    Conhecendo o seu blog, estou te seguindo.
    Te convido a ir conhecer o meu também.
    Beijinhos da Jacky.
    http://www.estilosaefeminina.com.br

    ResponderExcluir
  6. Hello, Pedrita!
    Ela é linda, pela resenha é um ótimo filme!

    Bjoos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, tb gosto muito do trabalho de interpretação dela.

      Excluir
  7. Eu também me interesso por estórias de mulheres lutadoras, que enfrentam com coragem as grandes pressões da vida. Vou procurar ver este filme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, e são raras. hj aparecem mais filmes com mulheres a frente, guerreiras. em westerns são poucas.

      Excluir
  8. Olá Pedrita :D eu também gosto muito de filmes com mulheres fortes, guerreiras e corajosas. Ainda não conhecia essa produção, está anotada para ver :)

    bjus

    Ari ♥
    De volta ao retrô

    ResponderExcluir

Bons comentários!