segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Conduta de Risco

Assisti Conduta de Risco (2007) de Tony Gilroy no Telecine Premium. Eu gosto muito do George Clooney e já tinha lido matérias que ele agora estava ou produzia filmes que tivessem temas complexos, questões multinacionais sobre conflitos mundiais. Em Conduta de Risco não é diferente. Ele é um advogado de uma grande corporação que enriqueceu infinitamente com sementes que criaram. Só que anos depois descobriram que os agrotóxicos que usaram para as sementes crescerem e se multiplicarem muito eram cancerígenas. A empresa tenta abafar e os advogados, inúmeros, começam a ter que encobrir e ganhar nas causas justificando que não, não foram as sementes. É uma trama complexa, muito bem desenvolvida. O roteiro é do próprio diretor.
A trama fala de grandes corporações, excelentes executivos, lucro e políticas de lucro intensas. E a dificuldade de admitir erros, já que executivos de sucesso não erram. O elenco é excelente. Além do George Clooney, o próprio Sydney Pollack está no elenco. Arrasam ainda Tom Wilkinson e Tilda Swinton, ela inclusive ganhou BAFTA de Melhor Atriz Coadjuvante.
James Newton Howard é o compositor da trilha sonora de Conduta de Risco.
Música do post: James Newton Howard - Unbreakable Theme






Beijos,




Pedrita

11 comentários:

  1. Esse filme fez sucesso por aqui, mas ainda nao o assisti. Eu chego lá, rs.

    Bom dia!!!Estamos aqui para te convidar e a todos os seus amigos para essa blogagem: Adocao de criancas e Adolescentes.


    Maiores informacoes no meu blog ou no blog do Dacio:http://gk.jaegger.blog.uol.com.br/

    Por favor, confirme sua participacao em algum desses blogs. Nos ajude a divulgá-la.

    Obrigada Georgia e Dacio

    ResponderExcluir
  2. Já assisti esse filme e gostei ...

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  3. Vi e gostei.
    Boas interpretações, e não só do protagonista.

    ResponderExcluir
  4. Adoro o George Clooney, sou fã dele desde os tempos do ER. Mas faz tempo que não vejo um filme com ele... preciso ver algum! Beijos

    ResponderExcluir
  5. o que eu acho que está acontecendo, e o filme tenta mostrar isso, é uma banalização da vida humana!

    ResponderExcluir
  6. Parece ser bem bacana mesmo.
    Toda vez que vejo George Clooney, só lembro da voz dele dublada, que acho uma das mais massas.

    Olá, Pê! Estou de volta ^^. Desculpa a falta aqui no recinto...

    Um abração,
    Tati

    ResponderExcluir
  7. George Clooney (suspiros...) prova que é bonito, talentoso e engajado.
    Denise

    ResponderExcluir
  8. Bom saber que esse filme está no Telecine, quero assistir!
    Concordo com o comentário acima, além de lindo e talentoso, ainda preocupado em mostrar a realidade.

    ResponderExcluir
  9. georgia, vc vai gostar. obrigada pela indicação do blog, gostei muito.

    elvira, quintela, é bárbaro mesmo.

    marion, é muito bom.

    tati, estava sentindo a sua falta.

    dê, tb acho ele tudo de tudo. não se acomodou em fazer só filmes superficiais.

    ana maria, é verdade

    ResponderExcluir
  10. "Michael Clayton" é uma obra contundente que não deixa ninguém indiferente. Adorámos!
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir
  11. Quero muito assistir!
    George Clooney aposta sempre certo. Galã só bonitinho não tá com nada...
    Beijo.

    ResponderExcluir

Bons comentários!