sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Grande Hotel

Assisti Grande Hotel (1995) no Maxprime. Eu sempre tive vontade de ver esse filme pela turma que o compõe. É como o filme abaixo, uma turma talentosa, mas Grande Hotel é desprezível. Eu adoro o Quentin Tarantino e ele dirige um dos episódios e o que achei mais precário. Gosto muito do Tim Roth, que é o protagonista e está em todos os episódios, mas pediram que ele ficasse muito caricato, afetado. São quatro episódios em um Hotel. Tim Roth interpreta um mensageiro em seu primeiro dia de trabalho. Aí em cada episódio é uma história em um quarto. Há alguns poucos e bons momentos, mas na maioria é exagerado em clichês, medíocre mesmo.

Quentin Tarantino dirigiu O Homem de Hollywood que tem o Bruce Willis no elenco. É de uma afetação só, e não gostei nem um pouco do cenário, porque não parecia um quarto em hipótese alguma. Robert Rodriguez dirigiu Os Pestinhas, foi o episódio que mais gostei, as crianças são umas graças, mas o Antonio Banderas interpretou o seu clichê mais temível nos filmes de ação, o amante latino e mafioso. Alexandre Rockwell dirigiu O Homem Errado. Allison Anders, O Ingrediente Que Faltava, esse também é péssimo. Um grupo de mulheres bruxas precisam desfazer um feitiço. É bastante sexual e de muito, mas muito mal gosto. A Madonna contracena nesse episódio e Ganhou o Framboesa de Ouro de Pior Atriz Coadjuvante. Alguns outros do elenco são: Salma Hayek, Marisa Tomei e Jennifer Beals.


Colocaram no ar uma participação minha no blog O que elas estão lendo?

Música do post: 04 Four Rooms And Path
Get this widget Track details eSnips Social DNA




From Mata Hari e 007


Beijos,


From Mata Hari e 007

Pedrita

8 comentários:

  1. Olá!
    Concordo com a sua análise de Grande Hotel,também achei o personagem do Banderas clichê até dizer basta e a Madonna como atriz,fala sério,fez jus à premiação que recebeu.Mas gostei(ou desgostei menos) do episódio O homem errado,que embora meio óbvio até que é divertido.Além do mais sou fã (ré?)confessa da Jennifer Beals,resquício dos anos 80,creio.
    Beijos,
    Elaine

    ResponderExcluir
  2. Eu vi este filme por causa da Madonna. È um filme bem estranho, mas eu gostei. E não a achei tão ruim assim como falam. Ela já fez filmes piores.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Pedrita.

    Sempre morri de vontade de ver esse filme.
    Agora desanimei ...

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  4. Olá Pedrita!
    Não vimos este filme, mas por aquilo que lemos, não nos parece nada convidativo, "este hotel".
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir
  5. elaine, elvira, paula, rui e marion, é bem ruinzinho.

    ResponderExcluir
  6. Há o filme "Grande Hotel", de 1932, com Greta Garbo, que foi um dos primeiros a utilizar um roteiro com várias histórias e ganhou o Oscar de melhor filme. Esse sim, é um Grande Hotel que vale a pena.
    Denise

    ResponderExcluir
  7. Pedrita, tinha muita gente boa no filme, por isso estragou, hahahahah!!!

    ResponderExcluir

Bons comentários!