sexta-feira, 21 de julho de 2017

Don´t Breathe

Assisti Don´t Breathe (2016) de Fede Alvarez na HBO On Demand. Foi a Andréa do Quitutes da Andréa que falou que tinha amado esse filme. Tenho vários amigos blogueiros que como eu amam esse gênero. Mas eu prefiro os de fantasminhas. O nome no Brasil é péssimo, O Homem das Trevas e o pôster que está no Now não atrai. Esse é mais interessante. O diretor é uruguaio e o roteiro é dele com Rodo Sayagues.

No começo eu fiquei pensando no que a Andréa tinha gostado tanto. Três garotos estão assaltando uma casa, há vários filmes sobre isso. Eles resolvem então assaltar a casa de um ex-militar do Iraque, que vivia solitário em uma casa isolada. Confesso que não entendo porque eles tiveram uma ideia tão ruim dessa. Um não quer participar, mas é ele que tem os códigos dos equipamentos de anti-roubo que seu pai trabalha. Como ele sabe que a moça que ele gosta precisa do dinheiro para ir embora da cidade, porque vive em uma situação complicada com uma irmã pequena, acaba aceitando.

As reviravoltas são impressionantes. Tudo é muito complexo e inteligente. Acabamos torcendo para os ladrões. E concordo com a Andréa, amei!!! Muito obrigada pela indicação. O trio é interpretado por Jane Levy, Dylann Minette e Daniel Zovatto. O ex-militar por Stephen Lang. Ah, estão fazendo uma continuação.



Beijos,
Pedrita

14 comentários:

  1. Pedrita,
    É verdade, a gente acaba torcendo para os ladrões.
    Na hora que a garota consegue escapar e o Rottweiler corre atrás dela, me dá uma aflição. Quando ela entra no carro, pior ainda. Ainda bem que ela escapou e o homem tbm.
    Se o homem não morreu deve ter continuação.

    Obrigada por ter citado meu blog, amei a resenha!
    Beijinhos, ótimo findes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, os ladrões estão errados e devem cumprir penas, mas ser mortos é o fim. e o cara não é nada justo pra julgar os rapazes. ai, as cenas com o cachorro dão muita angústia. é, vi que estão gravando a continuação.

      Excluir
  2. Não conheço o filme.
    Esse ator Dylann Minette é o chato Clay do seriado "13 Reasons why".
    Vi a serie toda mas detestando.

    Não sei se gostaria de vê. Mas vou anotar para gravar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, não conheço essa série. está simpático nesse filme. é o personagem que mais gosto. é bem pesado. não sei tb se vai gostar.

      Excluir
  3. Olá Pedrita
    Esse terror mainstream faz a gente prender a respiração em alguns momentos do filme rsrs com medo que se quebre o silêncio!
    Lang está ótimo no papel, achei incrível a presença física dele e a crueldade beirando a perversidade (ou o contrário) são tão reais que dá um frio na espinha.
    A tensão grande e as reviravoltas lembram um pouco Hush-A morte ouve.
    Então um plano simples dos três que tinha tudo pra dar errado rsrs
    Ah então ele vai atrás da garota nesse segundo com certeza, não sabia que vão gravar a sequência.
    Ótimo fds pra ti
    Bjs Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, verdade, dá medo de respirar. tanto que o nome original tem muito a ver. o brasileiro traz julgamento o q é péssimo. realmente o ator que faz o ex-militar é insuportável. incrível. não emite emoção e parece mesmo cego. realmente o plano tinha tudo pra dar errado, mas é muito mais do q dar errado.

      Excluir
  4. Vi a chamada para este filme inúmeras vezes! Mas percebendo que se tratava de um "combate" - no escuro - entre 3 jovens e um cego (que de cara parece mais astuto do que o trio), e ponderando sobre o nome original "não respire", achei melhor deixar pra lá, rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, é bem mais que isso. tb achei que seria só isso.

      Excluir
  5. Mais um filme que está na minha lista.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Tenho medo de filmes de terror. Assisti pouquíssimos, mas esse parece diferente. Já me interessou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bruxa, eu não tenho muito medo. em geral são tão irreais q não dá nem pra ficar assustada.

      Excluir
  7. Assisti ontem (gravei) Indignação.
    O ator é muito bom e bonito.
    Não ficou claro para mim se a moça, muito avançada para a época, era mesmo tão doente mental.
    E se era, entendo o desespero da mãe é deixa-lo se unir a ela.
    A doente mental que aparece no final do filme é muito diferente, dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, acho que ela era internada por puro preconceito. entendo a preocupação da mãe, mas o que a mãe faz com a moça é perverso.

      Excluir

Bons comentários!