terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Glen ou Glenda?

Assisti Glen ou Glenda? (1953) de Ed Wood no Telecine Cult. Eu tinha assistido o filme Ed Wood que conta a vida desse cineasta que virou cult depois com filmes com pouquíssimos recursos, muita maluquice e genialidade. O filme fala muito desse filme Glen ou Glenda? e lembro que fiquei na dúvida porque teria sido tão elogiado por ser tão original e na década de 50. Ed Wood resolve fazer um filme sobre homens que gostam de se vestir de mulheres, junto ele coloca em uma cadeira o gênio do terror para dar um toque macabro no filme.

Ele une dois gêneros diferentes e faz além de um filme genial, muito delicado, mesmo com o tom macabro. Surpreendente! Várias vezes eu tento conversar com pessoas que têm dificuldade de entender diferenças, mas sem sucesso. Glen ou Glenda? consegue com uma delicadeza surpreendente. Há um suicídio de um homem que se sentia tolhido pela sociedade que não permitia ele andar vestido de mulher. O policial tentando entender porque alguém sofre e se mata por um motivo desses e procura um médico que estuda esses casos. O médico conta duas histórias totalmente diferentes. Um de um homem que ama a sua noiva, quer casar, mas quer continuar às escondidas em casa ficar vestido de mulher. E outro caso de um homem hermafrodita. O texto é cuidadoso. Claro, é nesse período que a psicologia explicava mais esses casos de forma mais conservadora, onde eram as atitudes familiares que levavam um ser humano a agir assim. Hoje não tenta se explicar de forma tão limitada fenômenos humanos. Mas Glen ou Glenda? é tão delicado e cuidadoso, que tem um importante papel no auxílio a famílias que têm dificuldade de entender as diferenças.
O ator famoso de filmes de terror que faz a narração é intepretado por Bela Lugosi. Ed Wood buscou esse ator que tinha sido esquecido, estava sem dinheiro, trabalho e infeliz. Ed Wood precisava de atores que aceitassem baixos cachês porque sempre tinha poucos recursos. No elenco estão: Lyle Talbot, Daniel Davis, Dolores Fuller e Timothy Farrell.
Youtube: Glen or Glenda? - Glen's Battle/Acceptance





Beijos,

Pedrita

7 comentários:

  1. Oi Pedrita, assisti esse filme Muiito bom, com suspense, na época me lembro que me fez lembrar um pouco do filmes de Alfred Hitchock, nao sei se foi porque o ator já tinha feito algum filme dele, mas fiz bem a ligacao.

    É um filme antigaco, pensei que nem passassse mais.

    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Olá Pedrita!
    Ed Wood viveu uma vida com o sonho de ser um grande realizador de cinema, no entanto a sorte nunca lhe bateu à porta e ele decidiu seguir em frente fazendo filmes com os poucos meios de que dispunha e claro da reduzida genialidade de que era detentor. Talvez por isso mesmo tenha ficado apelidado como o pior cineasta do mundo. O que levou muitos a quererem descobrir o seu cinema. Mas se não fosse o maravilhoso filme de Tim Burton, certamente não estaríamos hoje aqui a falar de Ed Wood. O nosso obrigado Tim Burton.
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Não sei se você já comentou, mas assistam ao filme O Estranho Caso de Benjamin Button..Muito interessante. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  4. Deixei passar Glen ou Glenda?. Assisto da próxima vez. Agora, com tantos canais, tá difícil escolher!
    Denise

    ResponderExcluir
  5. Pessoalmente gostei da versão de Tim Burton homenageando-o com o filme "Ed Wood", tendo Johnny Depp no papel principal; pois como sabemos o diretor Edward D. Wood Jr é considerado pela crítica como o mais inepto do cinema de todos os tempos, se bem que não o vejo dessa forma.
    bjs
    Marcos

    ResponderExcluir
  6. Efeitos especiais são coisas bacanas. Mas estão longe de serem a mais importante em um filme. Quando um filme for apenas bom por causa deles, com certeza é ruim. Um filme, é história, é emoção, é arte, mais que tudo. Nem preciso dizer que fiquei com vontade de ver, né? Um grande abraço

    ResponderExcluir
  7. georgia, o telecine cult fez uma série especial de filmes do ed wood, só consegui ver esse por enquanto.

    paula e rui, realmente se não fosse o tim burton acho que o ed wood estaria bem esquecido.

    fabio, não tenho ido ao cinema. ainda não vi esse.

    dê, o telecine cult fez um especial do ed wood na programação, tem vários.

    marcos, eu amei o filme do tim burton.

    maga, eu gosto tanto de efeitos quanto de conteúdo.

    ResponderExcluir

Bons comentários!