quarta-feira, 29 de julho de 2009

Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal

Assisti Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (2008) de Steven Spielberg no Telecine Premium. Queria muito ver esse filme, minha mãe também, mas eu não consegui levá-la ao cinema na época da estreia. Em geral esses filmes estreiam quando estou lotada de trabalho e sem tempo livre pra lazer. Avisei minha mãe por telefone e animadas tentamos ver. Eu consegui, ela, fã da série, largou e ia tentar ver inteiro outro dia. Não gostei! É arrastado e não gostei nem um pouco da solução final para os mistérios. Forçado e clichê. Também achei muito forçadas as piadinhas. Isso sem falar nos problemas geográficos. Indiana Jones vai para o Peru, perto do mar, anda um pouco a pé e entra na floresta amazônica. Para entrar na caverna o acesso aos mistérios é pela Foz do Iguaçu que cai na ruínas Maias e Incas. Tudo ali, bem pertinho!

Criaram um filho do Indiana Jones, interpretado por Shia LaBeouf, achei que assim poderiam continuar a série depois com o rapaz. O
007, que também não gostou desse Indiana Jones confirmou, mas que já desistiram da ideia. É um ator praticamente desconhecido e acho que isso dificultou a empatia. Eu particularmente achei o rapaz pouco carismático. Voltaram então com a companheira do Indiana Jones no primeiro filme e novamente ficou esquisito, com a
atriz Karen Allen. O cabelo dela está juvenil demais, bem como americanas relaxadas mais velhas usam, com franjinha. E como hoje em dia sempre os homens casam com mulheres muito mais novas. Acho que inclusive o Harrison Ford é um deles. O Indiana Jones casar com uma mulher não muito atraente da idade dele ficou esquisito. Se ela estivesse mais classuda talvez convencesse. Os efeitos especiais são muito bons e há alguns momentos bem interessantes como o das formigas e outros moments do final. Eu detestei serem marcianos. Tudo é o que sempre disseram sobre extraterrestes, sem nenhum traço de originalidade. E nunca entendi porque os humanos acham que nós fazemos foguetes, mas os extraterrestres só fazem discos voadores.


No elenco aparece ainda a bela Cate Blan-chett e o John Hurt. Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal ganhou o Framboesa de Ouro de Pior Remake, Sequência, Prelúdio ou Filme Derivado de Algo, merecidíssimo!. Acabaram os filmes pipocas do fim de semana. O anterior inclusive não fez sucesso algum entre meus leitores.

Youtube: Indiana Jones Kingdom of the Crystal Skull TRAILER



Beijos,

Pedrita

11 comentários:

  1. Pedrita, este com certeza é o pior filme do Indiana. Eu também achei bem mais ou menos. Não gostei dos Ets no filme, sem falar na geografia surreal do filme, né?

    Ah , o filho do Indiana no filme é bem conhecido no meio da garotada, ele é o astro dos 2 filmes do Transformers, quando filmou o Indiana já tinha lançado o primeiro Transformer.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Imaginei que fosse ruim mesmo...já deu pra ele, né? Esse papel não combina mais, foi-se a época. Mas os outros são ótimos, pura adrenalina!

    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro os 2 primeiros filmes da série. No terceiro, o que salvou foi o Sean Connery. Ainda não assisti este quarto, mas você me desanimou. Acho que não vou perder meu tempo.
    Denise

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Definitivamente, esse filme não faz minha cabeça hehe.. Por enquanto, estou longe dos cinemas por causa da gripe suína... Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net ps: nesse final de semana, assisti ao original Super-Homem.. Fantástico!

    ResponderExcluir
  5. Queriiiiiiiida, cheguei morrendo de saudades, rs.

    Um beijo grande e ótima dica do filme.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Muito bacana este blog!!
    Eu vi Indiana Jones e a Caveira de Cristal no telecine Premium também.....e não gostei....achei o fim-da-feira eles serem alienígenas...parecia que eu estava assistindo arquivo x.
    Mas eu gostei do fato de terem resgatado Marian, que fez parte do passado de Jones (se bem que podiam ter dado um trato nela, ela estava uma baranga total!), deu sentido....muito mais que se tivessem colocado uma ninfeta para fazer o papel de "mocinha" da história.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Pedrita.

    Esse foi o único filme da série que eu não assisti. Também não consegui ir ao cinema. Pensei em pegar em DVD.
    Com os comentários fiquei desanimada ...

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  8. Não conheço direito. Só vi um no Telecine Action e, apesar de não ser o meu estilo de filme, gostei. Só não lembro qual foi.

    ResponderExcluir
  9. Como e vi os filmes da primeira série quando universitário e disposto a películas de aventuras, agora que os gostos mudaram nem pensei ver a nova versão para não me desiludir... pelos vistos fiz bem em manter viva as memórias do indiana de antigamente

    ResponderExcluir
  10. o q o outro post ficou em silêncio, esse foi um sucesso. apesar da maioria q viu esse filme igualmente não gostou.

    marion, o filho do indiana pode ser conhecido, mas não é bonitinho nem carismático.

    carla, adoro os outros, vi a maioria no cinema.

    georgia, tb estou com saudades.

    sorciere, podiam mesmo ter dado um trato na marion.

    dê, melhor desistir mesmo.

    elvira, acho melhor vc continuar desanimada. vai se arrepender de gastar com esse filme.

    ana maria, os outros são excelentes, ótimos pra ter o dvd em casa. esse temos q fugir.

    ResponderExcluir
  11. Oi Pedrita, eu não assisti este do Indiana, mas quando criança eu adorava ver na "Temperatura Máxima", aquele em que rola aquela esfera gigante e ele sai correndo pra mim é o melhor, apesar de eu não lembrar do nome, rs.
    Não passei por aqui ontem, pois o dia foi conturbado, mas hoje achei melhor comentar neste post, por conhecer um pouco de Indiana, já em relação ao livro eu não tinha ainda ouvido falar!
    Beijos!!

    ResponderExcluir

Bons comentários!