terça-feira, 8 de setembro de 2009

Arraial do Cabo

Assisti ao documentário Arraial do Cabo (1959) de Mário Carneiro e Paulo César Saraceni no festival É Tudo Verdade na Cinemateca Brasileira. Essa sessão finalizou com um debate com Paulo César Saraceni, Amir Labaki e Ricardo Miranda. Esse documentário, que faz 50 anos, ganhou inúmeros prêmios e mostra um pouco do trabalho dos pescadores dessa região e da chegada de uma indústria. A fotografia é maravilhosa. Paulo César Saraceni contou como surgiu a ideia e como apareceu o patrocínio. Adorei o olhar dos cineastas para esse povo, a forma como pescam, as mulheres passando roupas com aqueles ferros antigos de carvão. Obra de Arte! Paulo César Saraceni comentou o quanto esse filme está atual, agora que falamos tanto de meio ambiente e das intervenções do homem na natureza. Arraial do Cabo ganhou os prêmios: Miqueldi de bronze no Festival de Bilbao, 1960 - ES, Festival del Popolo, Florença, Itália, Festival de Santha Margueritha, Itália, Prêmio Giuventu Catolica di Roma, Itália, Festival de Bergamo, Itália, Festival del Campeone, Itália, Henri Langlois da Cinemateca Francesa, França, Prêmio da Crítica no Festival da Bahia e Prêmio Lulu de Barros do Governo da Guanabara.




Beijos,

Pedrita

8 comentários:

  1. Para mim,
    um dos melhores curtas brasileiros já realizados, até hoje,

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o documentário.

    Na minha adolescência passei muitas férias em Arraial do Cabo.

    ResponderExcluir
  3. Puxa. este nunca ouvi falar. Maravilha saber dele. Estou começando a adquirir filmes antigos ou de época brasileiros: Grande Sertão, Vidas Secas e O Aleijadinho (tem outros) já estão comigo :) Bjão.

    ResponderExcluir
  4. Não conheço, mas quero muito ver!!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto demais desse tipo de documentario.

    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Agora que a gripe suína deu uma trégua hehe, vou voltar aos cinemas! Perdi alguns filmes snif snif.. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  7. Pelo jeito o que não falta neste Festival é bom gosto: além do nome ser ótimo, os documentários, pelos seus textos, não estão deixando a desejar. Um grande abraço

    ResponderExcluir
  8. moacy, é belíssimo realmente!

    ana maria, eu fiquei com muita vontade de conhecer arraial do cabo depois do documentário.

    ed, ótimas aquisições.

    georgia, eu tb.

    maga, realmente vi uma bela leva de documentários.

    ResponderExcluir

Bons comentários!