sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Banhos

Assisti ao filme chinês Banhos (1999) de Zhang Yang no Telecine Cult. Sempre quis ver esse filme, tentei ver inclusive na época que esteve nos cinemas e não consegui. Mas é muito mais do que eu imaginei, já tinha lido várias matérias elogiando, pessoas que assistiram e amaram, mas não tinha ideia que era mais amplo do que imaginava. Um filho bem sucedido vai visitar o pai e o irmão. Faz anos que ele não os visita. O pai tem uma tradicional casa de banho e o irmão é especial. O filho só foi porque entendeu errado um desenho do irmão e achava que o pai tinha morrido. O pai percebe a confusão e fica magoado com a ausência do filho.

Me emocionei demais com a relação do pai com o filho especial. O fato de ser uma casa de banho não exclui o garoto. Ele ajuda como consegue e acaba tendo uma vida saudável e de interação, já que convive com os banhistas. É bonito ver a reaproximação desse filho que ficou tão diferente da família. Com o convívio do pai com os banhistas, ele acaba ajudando todos em suas questões pessoais. A sabedoria desse pai é emocionante. Outra questão triste é que toda a comunidade será demolida. É um filme muito triste e delicado, me emocionei muito.No elenco estão: Jiang Wu, Pu Quanxin e He Zheng. Banhos ganhou inúmeros prêmios.


Beijos,

Pedrita

6 comentários:

  1. Já assisti 2 vezes esse filme e adoro! É simples, denso e sensível. O filho mais velho representa o protótipo da pessoa que só pensa em si e em seu sucesso (leia-se dinheiro) profissional (vc reparou nos diálogos dele com a esposa que fica na cidade e nem sabia da familia dele?)
    Denise

    ResponderExcluir
  2. dê, eu percebi. é o distanciamento. e a mulher desliga o telefone qd ele fala do irmão especial. assustador!

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida, parece ser um filme excelente.

    ResponderExcluir
  4. Eu vi este filme há muito tempo na TV. Achei bem diferente, parei pra ver pq achei muito curiosa a casa de banhos e a história foi me prendendo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. enaldo, é muito bom.

    marion, eu gostei muito do desenrolar da trama.

    ResponderExcluir
  6. Pedrita, gosto de filmes assim que passam suas estórias, conflitos.

    Vou ver se acho por aqui.

    Adoro suas dicas;rs.

    Bjao

    ResponderExcluir

Bons comentários!