domingo, 27 de fevereiro de 2011

A Máquina do Tempo

Assisti A Máquina do Tempo (2002) de Simon Wells na HBO. Tinha vontade de ver esse filme, tinha amado o que resultou nesse, sabia que esse não tinha muitos elogios e como mal ouço falar nesse filme imaginei que não deveria ser uma maravilha. Mas a ideia de poder voltar no tempo ou se adiantar a ele sempre me soou fascinante e acho que muitos também sentem o mesmo. O filme é bem fraquinho, funciona, é bonitinho, mas quando os monstrinhos do futuro chegam fica bem sofrível. São lindas as cenas no passado, quando ele pede a sua amada em casamento. Depois ele segue para o futuro e as soluções são interessantes. A Máquina do Tempo de hoje já tem recursos modernos, portanto em um futuro próximo que nosso protagonista viaja, 2033, não é muito diferente de hoje.

Quando nosso protagonista viaja distante demais, aí o filme fica bem tosquinho. Lindas as duas mulheres que aparecem no filme: Samantha Mumba e Sienna Guillory. Nosso protagonista é o Guy Pearce. Simpático o personagem do Orlando Jones. O Jeremy Irons não deve ter ficado muito confortável em seu personagem, espero que ao menos tenha ganhado muito bem para fazer esse papel. 


Beijos,
Pedrita

4 comentários:

  1. Há uma versão dos anos sessenta com recursos da época,mas bem emocionante, assim mesmo. Eu a assisti no início da adolescência e me impressionou bastante.

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito dessa estória. Nao achei nada demais nesse filme, foi legalzinho. Já vi um melhor que este.

    Bjao

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Pensei que você falaria do Oscar e tal... Nos tempos da transmissão no SBT, a premiação era beeeem mais valorizada.. A Globo corta parte da festa em nome do BBB.. Incrível isso. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  4. enaldo, eu comento exatamente no início do post q o q me levou a querer ver esse é q amei o primeiro.

    georgia, é bem fraquinho mesmo.

    fabio, fazia anos q eu não me animava de ver o oscar e esse ano foi isso o q aconteceu. eu vi só até o documentário e como não vi quase nenhum filme q concorria não quis ver. eu vejo primeiro no canal e! os vestidos e depois na tnt a festa toda. acho um absurdo a globo comprar com exclusividade um programa que não passa pra ninguém.

    ResponderExcluir

Bons comentários!