sexta-feira, 18 de maio de 2012

Os Malavoglia

Terminei de ler Os Malavoglia (1881) de Giovanni Verga. Comprei esse livro da coleção Clássicos da Abril Coleções que vendiam em bancas. Esse livro seria do Ciclo dos Vencidos (I Vinti) que teve só mais um volume inacabado posteriormente. Essa obra naturalista é trágica, sem saídas, uma cidade que vive miseravelmente da pesca e parece que a miséria não acaba. Os mais afortunados são ajudados por outros a tirar mais ainda dos mais pobres, mas nem por isso conseguem ter uma vida melhor, sem outros abusos. Parece que todos só prejudicam os outros. No começo até é engraçado com as excessivas fofocas da vida alheia, todo mundo fala de todo mundo, parece que realmente ninguém tem mais o que fazer.

Obra Il Riposo (1887) de Giovanni Fattori

O autor usa várias frases feitas, interessante como no século XIX já existiam várias frases que hoje ainda usamos.

Há um filme sobre esse livro que quero ver.



Obra L´alzaia (1864) de Telemaco Signorini

Trechos de  Os Malavoglia de Giovanni Verga:

“Em outros tempos os Malavoglia tinham sido numerosos como as pedras da estrada velha de Trezza; e deles havia até em Ognina, e em Aci Castello, todos boa e brava gente do mar, bem ao contrário do que parecia pela alcunha, como sói acontecer.”

“- Uma boa bisca a Mangiacarrubbe – continuava -, uma descarada que fez a aldeia inteira passar pela sua janela. “Mulher que vive à janela não merece trela”, e o Vanni Pizzuto levava-lhe de presente figos-da-índia roubador do feito Filippo, o hortelão, e os comiam juntos no vinhedo, debaixo da amendoeira, que ela os tinha visto com seus próprios olhos.”

Beijos,
Pedrita

4 comentários:

  1. Pedrita, tudo bem? Nunca ouvi falar...


    Bjao

    ResponderExcluir
  2. Nem eu. Mas tanto quanto o livro, o filme deve ser interessante. E triste....
    Beijos e boa semana!
    Cam

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante este seu post, com a pintura, o vídeo...adorei, deu até vontade de ler o livro mas, ainda ando uma leitora preguiçosa...estou lendo A Semente da Vitoria, do Nuno Cobra, bem legal. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. georgia, eu só soube pq saiu nessa coleção q vendia em bancas.

    camille, acho q vai gostar.

    anamaria, eu gosto de procurar pintores do mesmo país e período do livro. e acabei achando esses italianos q gostei muito. achei q ia gostar.

    ResponderExcluir

Bons comentários!