quinta-feira, 7 de junho de 2012

Relato de um certo Oriente

Terminei de ler Relato de um certo Oriente (1989) de Milton Hatoum da Companhia das Letras. Eu adoro esse autor desde que li Dois Irmãos e comentei aqui. Nesse vamos em pinceladas conhecendo aos poucos a vida de uma família em crise. Começa com os irmãos segregando a irmã e o seu filho. Tudo é trágico e entrecortado, vai e volta no tempo. Belíssimo texto, belíssima obra, triste narrativa. Eu comprei esse livro na Companhia das Letras, era uma promoção de livros usados. Na época a Livraria Cultura disponibilizava no site livros usados, semi novos, a preços convidativos. Confesso que até hoje só achei esse dessa forma. Não sei se ainda fazem isso.

Obra de Manoel Santiago

Nessa obra os objetos são muito importantes para construir a trama e revelar os segredos. Essa obra de Manoel Santiago parece até ter saído do livro. Tanto o pintor como o autor e o compositor são amazonenses.

Trecho de Relato de um certo Oriente de Milton Hatoum:

“Quando abri os olhos, vi o vulto de uma mulher e o de uma criança. As duas figuras estavam inertes diante de mim, e a claridade indecisa da manhã nublada devolvia os dois corpos ao sono e ao cansaço de uma noite mal dormida.”

“...essa renúncia definitiva me convenceu de uma vez por todas que há segredos poderosos ou enigmas indecifráveis que certas pessoas levam dentro de si até a morte.”


Beijos,
Pedrita

5 comentários:

  1. Tenho bastante curiosidade de ler os livros desse autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Espaço da Companhia do Feijão???? Conheço o Teatro de Arena, mas esse espaço já devo ter passado e não reconhecido.. Buscarei mais informações.... 15 reais é uma pechincha.. Rs.. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Adorei este livro! Gosto muito deste autor, ele me ajudou a entender Manaus e me encantar com ela.
    Adorei a música que selecionaste, perfeita!
    Um grande abraço, minha amiga!

    ResponderExcluir
  4. Conheci o livro na Bienal que teve aqui ema Manaus este ano... a Mel Lisboa que fez a leitura do primeiro capítulo... fiquei intrigado, mas ainda não consegui o livro para ler.
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. bruxa, acho q vc vai gostar.

    fabio, esse espaço é ótimo. 15 reais é muito barato.

    maga, eu adoro manaus, tb achei q a música e a pintura se encaixaram perfeitamente na obra. saudades amiga, q surpresa boa rever vc aqui.

    gammelo, foi o seu post da bienal e da leitura q me fez eu tirar o livro da espera e devorá-lo.

    ResponderExcluir

Bons comentários!