terça-feira, 10 de julho de 2012

GloboNews Literatura - FLIP

Assisti ao programa GloboNews Literatura gravado na FLIP - Festa Literária Internacional de Paraty. Sempre tive vontade de ir nesse evento, mas nunca consegui. Soube que tudo fica lotado e bastante salgado financeiramente, acho que vou mesmo acompanhar de longe. O GloboNews Literatura é apresentado pelo Edney Silvestre que estava junto com o Paulo Roberto Pires para conversar sobre o evento e chamar as matérias.

Entre as entrevistas estava com um dos meus escritores favoritos, Ian McEwan. Ele falou de seu novo livro Serena que quero ler. Esse ano a FLIP comemora dez anos, o programa falou sobre esses anos, inclusive o Paulo Roberto Pires falou sobre essa trajetória. Eu me lembro das primeiras matérias sobre o evento. Falavam que a FLIP era segmentada em poucas editoras, na verdade focado mais na Companhia das Letras. Nunca entendi esse hábito brasileiro de criticar o que existe. Já se passaram dez anos desse evento que fala de livros, com muito sucesso. Outras editoras que têm recurso podiam criar outras festas, em outras cidades, pelo Brasil afora, acho que quanto mais eventos como esse, melhor o estímulo a cultura e a leitura.

O programa ainda fez uma matéria sobre a publicação da Granta que elegeu e publicou obras de 20 escritores brasileiros com menos de 40 anos. É a primeira vez que essa editora inglesa publicou obras de brasileiros. A FLIP também homenageou esse ano Carlos Drummond de Andrade. Foram várias e ótimas entrevistas sobre a FLIP. Vou bom me sentir um pouco lá em Paraty. As matérias podem ser assistidas no site da GloboNews Literatura.
Beijos,
Pedrita

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Já conheço Paraty, mas gostaria muito de acompanhar a FLIP. Infelizmente não é período das minhas férias.. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  2. Sabe que eu vivi uma história de amor e odio com a FLIP, fiquei amando tudo quando vi o inicio de algumas matérias e depois odiando quando ouvir um dos organizadores dizer que a intensão não é crescer e se tornar uma festa popular...

    Fiquei pensando que no Brasil o incentivo a leitura ainda é para poucos e o acesso a esse tipo de coisas ainda é limitado a quem pode não a quem quer!!!

    Pandora

    ResponderExcluir
  3. Queria ter assistido. Adoro eventos internacionais sobre literatura. Este ano não acompanhei direito, mas vou ler as notícias e saber como foi tudo.

    ResponderExcluir
  4. fabio, eu tb nunca consigo.

    pandora, eu entendo um pouco a colocação deles, q em paraty não dá muito para expandir o evento e eu tb gosto do caráter intimista da flip. acho q podem ter outras festas, ou festivais com outros formatos e talvez mais abrangentes.

    bruxa, esse ano acabei acompanhando mais as matérias, de longe, claro.

    ResponderExcluir

Bons comentários!