terça-feira, 13 de novembro de 2012

Um Lugar Qualquer

Assisti Um Lugar Qualquer (2010) de Sofia Coppola no Telecine Cult. Gostei muito! Adoro os filmes dessa diretora. No início o estilo de filmagem causa estranhamento, é uma monotonia, aos poucos vamos compreendendo a vida fútil e vazia de nosso protagonista. Em regra, ele tem tudo o que muitos desejam, muito dinheiro, muita fama, um carro potente,  belas mulheres a qualquer momento. Ele é uma astro do cinema, mas a vida dele é um tédio. Vive sempre em hotéis, bebe e fuma demais, festas, mulheres belas e variadas.

O estilo de filmagem nos passa exatamente esse tédio. Ele está tão cansado de tudo, que dorme até mesmo quando chama duas moças para dançar pra ele. Ele tem uma filha de 11 anos que vê de vez em quando, mas não se interessa por nada da vida dela. Até que a mãe da menina resolve viajar e ela precisa ficar com ele naquela vida caótica. A relação dos dois vai se construindo, quase não vemos mais ele bebendo ou fumando, eles começam a aproveitar o dia, ele passa a dormir à noite. Um Lugar Qualquer é um filme muito delicado e bonito. Sofia Coppola entende muto desse assunto e é com essa compreessão que cria esse belo filme. Ele é interpretado brilhantemente por  Stephen Dorff. A menina é a bela Ellen Fanning. Alguns outros do elenco são: Chris Pontius, Michelle Monaghan e Erin Wasson.  A trilha sonora é linda!

Beijos,
Pedrita

6 comentários:

  1. Deve ser bacana esse filme. Só assisti dois da Sofia Copolla: encontros e desencontros e maria antonieta.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  2. Deve ser maravilhoso esse filme, adoro filmes assim. E esse sudoku tenho um igualzinho! Meu irmão que mora nos EUA me enviou, pois sou viciada em sudoku! rsrs
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Eu normalmente assisto aos filmes somente no cinema. Gosto do ambiente e tal... Em TV, agora é muito raro. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  4. lulu, eu tb tinha visto estes e adorado, bem como o incrível as virgens suicidas.

    adriana, eu gostei muito. adoro essa diretora.

    fabio, eu vejo bastante na tv a cabo. vejo pouco na telona pq os ingressos estão caríssimos.

    ResponderExcluir
  5. Foi o único filme dela que assisti. Quero ver As Virgens Suicidas também.

    ResponderExcluir
  6. bruxa, esse é o q menos gosto dela, é inteligente, ótimo, mas não é o meu preferido.

    ResponderExcluir

Bons comentários!