terça-feira, 1 de outubro de 2013

Crônica da Casa Assassinada & Depois Daquela Viagem

Terminei de ler Crônica da Casa Assassinada & Depois Daquela Viagem (2013) de Dib Carneiro Neto da Giostri Editora. São duas peças adaptadas publicadas na coleção Dramaturgia Brasileira. Acho muito importante que peças estejam saindo em livros para facilitar as adaptações e os acessos as obras. A Giostri publica bastante textos de peças. Crônica da Casa Assassinada é uma adaptação do livro de Lúcio Cardoso (1913-1968) que quero muito ler. O livro traz fotos de duas adaptações desses textos. Crônica da Casa Assassinada foi dirigida por Gabriel Villela. É sobre uma família desestruturada que vive em Minas Gerais. Todos acusam que os males da família são culpa da que chegou. Alguém para espiar as suas culpas e carregar por eles.

Depois Daquela Viagem é baseado no livro autobiográfico de Valéria Piassa Polizzi, publicado em 1997, quando ela descobre que é soropositiva da sua primeira vez aos 16 anos. Hoje Valéria Piassa Polizzi está com 42 anos, escreveu e publicou outros livros e dá palestras. É formada em Comunicações Social. Gostei muito dos detalhes das adaptações de Dib Carneiro Neto. Ele coloca em detalhes as cenas, objetos de como a concebeu. Na foto estão a Valéria Piassa Polizzi e o Dib Carneiro Neto que foi publicada no blog da autora.
Beijos,
Pedrita

10 comentários:

  1. Nossa, ela já está com 42 anos! Lembro bem quando aconteceu o caso dela, que moça corajosa! Fiquei com muita vontade de ler seu livro. Na época achavamos que quem pegasse AIDS estava condenado mas felizmente não foi assim, ela parece muito bem. Também acho importante a publicação de peças, bom trabalho da editora Giostri. Adorei a postagem, Pedrita! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. anamaria, bacana né? e ela tem um blog e eu já passei por lá. obrigada.

      Excluir
  2. Oi flor,
    Tem sorteio no meu blog e ficaria muito feliz com sua participação!
    sorteiefb.com.br/tab/promocao/261741Beijinhos
    Blog Jana Nogueira| Fanpage| Twitter| Youtube

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa com o Depois daquela viagem. Deve ser muito atrativo ler este livro, eu pelo menos ficaria muito presa nele...

    beijos!
    www.pontoemcomum.com

    ResponderExcluir
  4. Ontem, nem tive tempo de comentar aqui.
    Meu carro foi para revisão e sem carro, perco meu prumo e as vezes, perco até o rumo.
    Mas já estou com rumo e prumo.
    Pensei que tinha esse livro do Lúcio Cardoso, na minha biblioteca. Não tenho.
    Passei um tempo procurando o livro Diário, escrito por ele, porque sou, completamente, apaixonada por cartas, diários e biografias.
    Já a Valeria Poilizzi nem lembro de ter ouvido falar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, esse livro tb é escrito através de cartas e diários. na matéria sobre o livro que postei eles contam isso e leem trechos da obra.

      Excluir
  5. Que legal, eu não a conhecia.
    Big Beijos
    Lulu
    http://luluonthesky.blogspot.com.br
    obs: Quer ganhar um relógio? Participe da nossa promoção que está no ar até 15/10! e tb responda nossa enquete.

    ResponderExcluir
  6. Oi Pedrita,
    O seu relógio deve ter mais de 24h!
    Eu não consigo tempo de pegar um livro...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nina, eu carrego livro pra onde vou. e eu largo a organização da casa tranquilamente por um livro. nas andanças por aí as esperas são rotina. no banco, antes de um concerto, nas atualizações no computador, enfim. o livro sempre está por perto.

      Excluir

Bons comentários!