domingo, 1 de novembro de 2015

Pina

Assisti Pina (2011) de Wim Wenders no Arte 1. Esse filme foi elogiadíssimo. Eu não vi o 3D infelizmente, queria ter visto nos cinemas, mas não consegui. Espero que alguma mostra passe novamente em 3D e eu consiga ver. É incrível! É um filme sobre a bailarina e coreógrafa Pina Bausch (1940-2009). Que filme maravilhoso!

Eu tinha visto um espetáculo da Pina Bausch em São Paulo e ficado impactada. O filme impacta mais ainda. Só vendo mesmo para compreender a amplitude de sua obra. Não só os bailarinos dançam, mas tudo é feito para interagir. Várias coreografias utilizaram os elementos, terra, água, quase como outros bailarinos do espetáculo. Fortíssimo o que os bailarinos dançam na terra. E magnífico o que utilizam a água. Há pedras também. Os bailarinos falam, mas Wim Wenders é genial. A voz deles fala e eles ficam em silêncio. Alguns estão há anos na companhia. Uma diz que está há 22 anos. Fico imaginando a integração de um grupo unido tanto tempo. Dois gênios Wim Wenders e Pina Bausch.

Há cenas no palco e outras ao ar livre que foram gravadas em uma cidade da Alemanha. Que locações lindas, que coreografias. São no meio da cidade, no trem, em um campo com pedras, flores, árvores. Gosto das atitudes dessa coreógrafa, além da dança há movimentos que impactam, dialogam.

Falaram bastante sobre a coreografia do café. Nessa foto está a Pina Bausch. As cadeiras e mesas estavam ali para atrapalhar. Wim Wenders é igualmente genial. Vimos uma maquete da coreografia do café que passa a se mexer e vira filme. Vai e vem e nós mesmos somos iludidos em alguns momentos. Além dos números feitos especialmente para o filme, passam alguns vídeos com a Pina Bausch, algumas fotos, mas o diretor é muito inteligente e mescla surpreendentemente na trama. Há uma brasileira na companhia, a Morena Nascimento. Todos os bailarinos falam do pouco que a Pina Bausch falava, mas as poucas frases são impactantes. A trilha sonora é incrível. O documentário ganhou muitos prêmios e foi muito elogiado quando passou no Brasil. Foi muito elogiado inclusive pela qualidade do 3D e como essa tecnologia pode somar em um filme como esse.

Beijos,
Pedrita

10 comentários:

  1. Não vi o filme, mas sei de quem o viu e o elogiou.
    Vejo que está a ler os miseráveis, grande obra sobre a defesa da reabilitação do homem, da diferença entre a sujeição à lei e à justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, vc vai gostar. estou adorando os miseráveis, mas é uma longa leitura.

      Excluir
  2. Quero ver também. Gosto de ver exibições de dança, gostava de assistir às exibições de ... por exemplo, Antonio Gades.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, eu gosto mais ao vivo, no teatro, mas é bom complementar pel tv. e esse é maravilhoso.

      Excluir
  3. Preciso ver! Depois de uma resenha tão entusiasmada como não desejar ver esse filme logo, urgentemente?!?! Não tem jeito! Quero muito vê, adoro espetáculos de dança!

    ResponderExcluir
  4. Não vi. Ontem fiquei procurando alguma coisa na TV e não me encantei com nada.
    Daí fui ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, ontem estava ruim mesmo. é q eu tenho uns filmes gravados, o now. e ontem qd não tinha net vi um dvd.

      Excluir
  5. Hello querida!
    Esse filme em 3D deve ser incrível!

    Beijinhos, ótima semana! ♥

    ResponderExcluir

Bons comentários!