domingo, 15 de novembro de 2015

Violette

Assisti Violette (2013) de Martin Provost no TelecinePlay. Estava vendo o filme, achei que já tinha ouvido falar e fui pesquisar. Essa é a vantagem de ver filmes no Now, podemos parar e voltar a ver de onde parou quanto quisermos, tenho adorado esse recurso. Às vezes eu vejo que tenho um tempo curto para ver algo, como tem esse recurso, posso ver um filme longo sem problemas, parar e voltar a ver depois.

E sim, eu tinha visto o trailer desse filme e ficado com muita vontade de ver. É sobre a vida da grande escritora Violette Leduc (1907-1972). Fui ver os livros e não há um único publicado no Brasil. Por sorte no Estante Virtual, no Sebo Poesia eu achei A Bastarda, era o único, e parece que é uma edição portuguesa, Agora o Estante Virtual não tem um único livro da Violette Leduc. Em breve esse exemplar estará junto com os livros a ler. Violette Leduc era uma mulher intensa, fogosa, angustiada, complexa. Ela lê um livro da Simone de Beauvoir, termina de escrever o seu livro e procura Simone de Beauvoir que gosta muito do livro A Asfixia que quero muito ler. Beauvoir sugere alterações, Leduc faz, Beauvoir mostra então a Albert Camus que o publica. Violette fica muito nervosa em reparar que os livros não estão nas livrarias, fica deprimida e descobre que autores novos não tem espaço, não interessam aos leitores nem as livrarias. Simone de Beauvoir insiste que Violette escreva toda a sua ira em outro livro, ela reluta mas escreve outro. Com dificuldades financeiras, ela recebe uma mesada achando que é da editora, mas só depois descobre que é da Simone de Beauvoir.

Só depois da publicação de vários livros, quando publica A Bastarda, é que finalmente consegue viver do que escreve. Esse livro faz sucesso, vende bem. O filme acaba aí e um texto diz que ela escreveu vários livros depois desse de sucesso. Termina com ela se mudando para uma linda casa no campo, podendo finalmente abandonar o seu quartinho pequeno. Violette é interpretada brilhantemente por Emmanuelle Devos. Simone de Beauvoir por Simone Kiberlain e Jean Genet por Jacques Bonnaffé. Alguns outros do elenco são Olivier Gourmet, 

Emmanuelle Devos é uma bela atriz. Violette Leduc não tinha tantos atrativos. Tanto que ela se achava feia e achava que era esse o motivo que fazia a Simone de Beauvoir a rejeitá-la Violette Leduc amou intensamente Simone de Beauvoir.

Beijos,
Pedrita

15 comentários:

  1. Nossa! Eu com certeza iria adorar esse filme. A bastarda eh um ótimo título!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fatima, foi o único que achei em português. eu acho q vc ia amar. é intenso.

      Excluir
  2. Oi Pedrita,
    Conheço muito pouco do cinema francês, gostei da dica.
    Boa semana pra vc.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  3. Descobri, só agora(absurdo!) porque não encontro essas preciosidades que vc encontro.
    É que me limito a vê só o que vem depois do que estou assistindo.
    Parece um bom filme.
    E que recurso NOW é esse? Me ensina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, eu vou pelo controle remoto. nao sei se o sky tem o now. vejo quase diariamente de manhã o q vai passar no dia e anoto. ou gravo. vou vejo se foi pro now.

      Excluir
  4. Gostei do recurso NOW, mas não entendi como funciona. É apenas na internet? Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Hello querida!
    Esse eu ainda não assisti, mais uma bela dica!

    Bjs ♥

    ResponderExcluir
  6. Tenho certeza que vou gostar desse filme. Já adicionei na minha lista ^^

    Beijos, Pri
    vintage.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Resgatei esse post, e vi que você gostaria de ler o primeiro livro da escritora francesa,porém, ele não foi publicado aqui no Brasil, infelizmente, e é muito difícil achá-lo para comprar,exceto em francês. Tenho ele em espanhol. Gostaria de saber se você teria interesse em comprá-lo? demais o venderia caso não estivesse precisando de dinheiro. A edição é de 1968.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mariana, agradeço, mas eu não leio em espanhol. eu comprei a bastarda.

      Excluir

Bons comentários!