sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

A Tempestade

Assisti A Tempestade (1982) de Paul Mazursky no Max. Eu coloquei pra gravar esse filme porque é com o John Cassavetes. O elenco é incrível.

Susan Sarandon novinha de tudo, mais linda que nunca. Lugares paradisíacos na Grécia.

O protagonista é um famoso arquiteto. Seu casamento está desgastado. Ele, a esposa e a filha vivem em festas badaladas cheias de celebridades. Ele resolve ir então com a amante viver em uma ilha grega, sua filha vai junto. O elenco é glamouroso. Ele é interpretado por John Cassavetes, a esposa socialite por Gena Rowlands e a filha por Molly Ringwald.

No início tudo é maravilhoso, natureza exuberante, mar, paz, mas aos poucos eles vão se entediando. Raul Julia interpreta um homem limitado que vive na ilha. No elenco surge ainda Vittorio Gassman, Sam Robards e Paul Stewart.
Beijos,
Pedrita

8 comentários:

  1. Paul Mazursky foi um cineasta apenas regular. Este filme que você comenta eu não assisti.

    Daqueles que conferi, o melhor é "Próxima Parada: Bairro Boêmio".

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, o filme é mais ou menos. mas o elenco e as paisagens são demais.

      Excluir
  2. Não conhecia. Que clássico! Que elenco!

    ResponderExcluir
  3. A atriz que faz a filha e que nem sabia do nome, é linda e gosto dela como atriz.
    Nem sei se ainda trabalha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, tb gosto dela, mas é fraquinha. o personagem dela tb é fraquinho. e sim, ela continua atuando.

      Excluir
  4. Olá Pedrita
    Não conhecia o filme, anotei para assistir.
    Achei mara a premissa.
    A gente imagina assim de cara tipo ilhas gregas que tudo, só que com o passar do tempo o tédio se instala. Vem junto com o pacote rsrsrs
    Linda a Susan Sarandon!!!!!
    John Cassavetes é imprescindível para o cinema independente, seja como ator, diretor ou produtor.
    Lindo o casal John & Gena Rowlands.

    Obrigadaaaaa Pedrita por ter respondido minhas perguntas sobre Escrava Mãe :))

    Bjsssss Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, é verdade, às vezes achamos que lugares paradisíacos vão nos preencher no viver, mas o tédio se instala com o tempo. eu já sei que sim, pq como amo vida cultural intensa, tem muitas cidades lindas e pacatas q me aborreceriam logo logo pq faltam atrações culturais infelizmente.

      Excluir

Bons comentários!