sábado, 15 de julho de 2017

A Floresta

Assisti A Floresta (2016) de Jason Zada na HBO On Demand. Eu adoro o gênero, vi que estreou no canal, sabia que uma hora ia ver. Quando fui assistir que vi que é com a maravilhosa Natalie Dormier. Desde quando era menina já tenho fascínio pelo trabalho dela.

Aos poucos descobrimos que ela tem uma irmã gêmea que vive no Japão. A irmã desaparece e ela vai procurá-la. A irmã entrou na Floresta de Aokigahara, conhecida como a floresta dos suicidas. Em um ano 54 pessoas se suicidaram lá. A irmã que vivia no Japão dava aulas de inglês em uma escola infantil, mas era depressiva. A outra tem certeza que ela está viva pela ligação que elas têm. Ela vai ao Japão, segue com um jornalista e um guia para dentro da floresta. Eu tenho fascínio em florestas, matas, são muito bonitas as cenas. Outros do elenco são: Taylor Kinney, Yukiyoshi Ozawa, Nadja Mazalica, Terry Diab e Rina Takasaki

Achei muito bem realizado. Conforme as lendas, a floresta confunde as pessoas. Passar à noite é muito perigoso. Gostei bastante principalmente de falar de nossos fantasmas, questões não resolvidas que são exploradas pela floresta e pelos fantasminhas.
Beijos,
Pedrita

14 comentários:

  1. Este filme pareceu-me interessante. A floresta sempre simbolizou o mistério, o desconhecido, a coisa da Terra (em oposição às do céu, que inclui o sol, que ilumina e cura) e também o descontrole (a vegetação cresce naturalmente e de forma desordenada). "Enfrentar" a floresta tem que resultar em algum conhecimento, rsrs.

    Beijoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, eu gostei. eu tenho fascínio em bosques, florestas.

      Excluir
  2. oi que sugestão legal!! eu gosto de gêneros assim!! bem impolgante .bjs boa semana
    http://unhasdaraquel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia esse filme. Interessante! Valeu pela dica.

    bjus

    ResponderExcluir
  4. olá... n gosto mt desses gêneros bj http://anaherminiapaulino.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Pedrita,
    Eu também gosto desse gênero, assisti e amei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oláááá Pedrita
    Gostei do filme, apesar de que imaginei que ele fosse pelo clima de tensão e suspense, e se guiou mais pelos sustos, mas entregou um um filme bom, com pistas e mistérios.
    Pena que não foi gravado na floresta de Aokigahara, a que capta a tristeza das pessoas, foi gravado no Parque Nacional de Tara na Sérvia.
    Bjs Luli

    Café com Leitura na Rede


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, obrigada por avisar, estava na dúvida. quando fazem aérea da floresta, a vegetação é bem diferente da que eles caminham depois.

      Excluir
  7. Respostas
    1. liliane, fiquei bastante chocada com a história dessa floresta e com o número de suicidas por ano.

      Excluir

Bons comentários!