terça-feira, 11 de julho de 2017

Madoff

Assisti Madoff (2016) de Raymond De Felitta no TelecinePlay. Só depois que vi que esse tem uma série. Seriam quatro episódios. Então não sei se vi uma compilação. Se tem continuação. Confesso que isso me incomodou bastante. Não gosto dessa falta de clareza do que veio primeiro, enfim, do que vou ver.

Madoff foi um grande fraudador. Ele pegava dinheiro de gente rica dizendo que ia investir no mercado financeiro, mas na verdade estava fazendo marketing de pirâmide e outro nome que deram no filme, esquema ponzi. Esse falso marketing tira dinheiro das pessoas mas não aplica em nada, só alimenta o grupo, em geral só o topo da pirâmide, o resto todo perde tudo. Madoff tinha um escritório moderno, com engravatados modernos em um andar. E em outro, funcionários mal vestidos, salas escuras, onde ficavam os fraudadores, que preparavam comprovações falsas, tudo falso. Os filhos trabalhavam com o pai mas não tinham acesso a esse andar dos fraudadores.

O filme acaba sendo muito importante em mostrar como Madoff enganava as pessoas. O próprio personagem conta como eram as abordagens, como fazia o otário se sentir importante, como fingia que não queria, que não precisava de mais investidores. É muito parecido com as igrejas e a artimanha para tirar dinheiro dos fiéis com prêmios milagrosos. Marketing de pirâmide é proibido no Brasil, mas volte e meia surge um grupo enganando outros, porque como disse, só ganha mesmo o topo. Já vi pessoas gastarem fortunas de infra-estrutura em negócios de pirâmide, ganhar um carro ou um "brinde" e achar que está ficando rica depois de anos de investimento próprio e nem fazer as contas que talvez só ganhou 10% do que gastou, quando muito. Na internet falam que cai mais em sistemas de pirâmide pessoas menos informadas, pode ser. Richard Dreyfuss está ótimo como Madoff. Blythe Danner está muito bem como a esposa, ela ajudava muito nas negociações, em convencer as pessoas, dava falsa credibilidade. Há um outro filme recente com Robert De Niro.

Beijos,
Pedrita

18 comentários:

  1. Pedrita parece ótimo a sua dica...e super serio o ator kkkk

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
  2. Esta produção é uma minissérie em quatro episódios. Não assisti para poder comentar.

    O filme sobre o mesmo tema com Robert De Niro é bem interessante e vai além do golpe financeiro, mostra ainda como a família de Madoff também foi destruída.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, o telecine colocou como filme, tanto que acaba esquisito. agora q vi q o hbo tem o filme com o de niro. nem tinha reparado q era desse tema.

      Excluir
  3. Interessante Pedrita. Ótima indicação!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  4. Esse filme que o Hugo citou é o "Mago das Mentiras". Assisti ele essa semana e devo dizer: é bom demais! Não assisti a esse Madoff, mas vale a dica.

    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marcelo, depois que vi q o filme tá na grade da hbo com o de niro. vou tentar ver.

      Excluir
  5. Nossa, e eu achando que Richard Dreyfuss já tinha falecido!
    Vou assistir!

    21thcenturycinema.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá Pedrita,
    Confesso que essa temática não me atrai muito.

    Big Beijos,
    Lulu
    BLOG | YOU TUBE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lulu, é um tema importante. mas difícil mesmo. como já vi pessoas caindo nas mentiras do marketing de pirâmide, achei importante.

      Excluir
  7. Oláááááá Pedrita
    Não conheço o filme nem esse nem o do Robert de Niro, interessante o tema, esses fraudadores são criminosos que atuam dentro de uma pseudo margem de segurança já que é proibido mas não é fiscalizado então é como se não houvesse a proibição, pessoas são enganadas e nem se dão o trabalho de pesquisar :/
    Gostei da indicação vou procurar para assistir.
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, é algo feito em segredo até pq os estelionatários falam que não podem atrair outras pessoas pq é limitado, para quem é especial, então as pessoas acham que estão escondendo algo importante quando na verdade estão se expondo.

      Excluir
  8. Vi este filme recentemente e antes de vê-lo - por coincidência - estava pensando no Madoff, por causa das inúmeras denúncias de corrupção que estamos vendo. Mas depois li uma entrevista com o Economista Eugene Soltes em que ele diz que a ação de Madoff foi muito diferente das ações dos nossos políticos. Ele diz que Madoff é um psicopata, enquanto que os políticos corruptos (de cá e de lá) geralmente são - digamos - vacilões, pois eles não acham que estão de fato cometendo crimes, nas trocas relativas às propinas, rsrs.

    Beijoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, são diferentes sim. madoff usava o esquema de pirâmide ou o outro nome que usam e acho que acreditava realmente que todos ganhavam dinheiro. e para o sistema dar certo se isolavam no grupo da pirâmide. como os religiosos. acho bem diferente da corrupção.

      Excluir
  9. Pedrita,
    O povo do Palácio do Planalto não podem assisti esse filme, vão querer copiar e o Brasil vai ficar pior do que já está. Rsrs...
    Brincadeiras à parte, mas é um filme interessante, corrupção e fraudes existem em todos os lugares.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, marketing de pirâmide é proibida no brasil. acho difícil q copiassem. precisariam fazer voto de silêncio o q raramente fazem.

      Excluir

Bons comentários!