quarta-feira, 15 de abril de 2009

Tess

Assisti em DVD Tess (1979) de Roman Polanski. No Natal minha mãe escolheu uns filmes que se identificava menos ou tinha um idioma que ela não conhece e me presenteou. Esse foi um deles. Ela sabia o quanto eu queria ver esse filme. É uma obra prima. Há vários Extras que foram feitos muito recentemente. É uma super produção que demorou 8 meses para ser realizado. Polanski mostrou no mapa todas as locações que fizeram na Grã Bretanha para ambientar adequadamente o filme a época que o livro foi escrito. Tess é baseada na obra de Thomas Hardy (1849-1928). Relata a história de Tess, filha de uma família pobre. Um estudioso da cidade descobre que a família da Tess é descendente de uma família rica e nobre, começa então a horrível saga dessa moça. Quero muito ler o livro agora.

É o primeiro filme de Nastasia Kinski. Polanski havia se encantado com essa moça e colocou-a no filme. Ela fez 18 anos durante a filmagem. Tess, linda e pura, com muitos irmãos pobres e um pai alcóolatra, vai ver com a família que parece descender se conseguem alguma ajuda financeira, um cavalo ou um emprego. Só que a família que parece ter restado na verdade comprou o título. O homem rico dessa família cai de amores por Tess e começa a abusar da moça. Está excelente o ator que interpreta esse homem rico e mimado, Leigh Lawson.
Depois ela conhece o fraco interpretado por Peter Firth. Tess é belíssimo, com uma fotografia maravilhosa. Direção incrível. Belíssimos figurinos. Lindo demais! Um filme que retrata muito a condição da mulher bela e pobre que é abusada por patrões e devolvida a sua casa assim que engravida. E do quanto a sociedade condena essas mulheres, enquanto aos homens nada acontece. A culpa é sempre das mulheres. A trilha sonora é de Philippe Sarde.

Música do post: L'OURS-Generique-(Philippe Sarde)


Beijos,

Pedrita

5 comentários:

  1. Olá Pedrita
    Vimos o filme na época e ficámos profundamente esmagados por esta adaptação de Thomas Hardy que Polanski realizou, por outro lado fixámos para sempre o rosto de Mrs. Kinski que já conhecíamos do filme de wim Wenders "Movimento em Falso".
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir
  2. Vi o filme no início da década de 1980. Recentemente, ele passou no Cult. É muito bonito. Gosto muito de Polanski.
    Denise

    ResponderExcluir
  3. Pedrita, esse filme foi muito bom.

    Vc focou bem o figurino.

    Estive com enxaqueca e nem apareci por aqui, aliás hoje tb nao fico porque nao estou de todo boa.

    E vc?

    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Pedrita, tenho a impressãoq ue vi este filme há muito tempo, na época em que alugava filmes em VHS ainda. E acho que gostei! Beijos

    ResponderExcluir
  5. paula e rui - não vi esse filme do wenders

    dê, vou te emprestar o dvd pra vc ver os extras, vc vai gostar.

    georgia, melhoras

    ResponderExcluir

Bons comentários!