terça-feira, 30 de junho de 2009

As Virgens Suicidas

Assisti As Virgens Suicidas (2000) de Sofia Coppola no Telecine Cult. Esse é mais um daqueles filmes que tento ver várias vezes e não consigo. Há uns dez anos, quando o filme estreou nos cinemas e as matérias eram muito elogiosas, tentei ver. Quando estreou na tv a cabo também não consegui ver. Só consegui ver agora, depois de ter visto os outros dois filmes maravilhosos dessa diretora, Encontros e Desencontros e Maria Antonieta. Portanto, eu já conhecia o estilo dessa diretora, e orientada pelo vídeo do Marcelo Janot antes do filme começar, tudo ficou mais claro ainda. As Virgens Suicidas é um filme surpreendentemente poético. Apesar de relatar um pouco da vida de 5 lindas moças, onde todas se suicidaram. Consegue ser de uma leveza e beleza estonteante.


São os meninos ado-lescentes, que fascinados com tanta beleza relatam um pouco do que conheceram dessas doces e belas meninas. Pouco ficamos sabendo da vida delas, só sabemos aquilo que eles veem do outro lado da rua. E das poucas vezes que entraram na casa, seja pra namorar uma delas, ou para ir a uma única festa. A trilha sonora é lindíssima. As meninas são interpretadas por atrizes lindas: Kirsten Dunst, Hanna R. Hall, Chelse Swain, Leslie Heyman e A.J. Cook. Outros que completam o elenco são: Kathleen Turner, James Woods, Josh Hartnett, Robert Schwartzman, Hayden Christensen e Danny DeVito. A narração é do Giovanni Ribisi.



Youtube: Air - Playground Love video





Beijos,

Pedrita

16 comentários:

  1. Nossa, sou simplesmente LOUCA para assistir a esse filme e tenho o mesmo problema que vc, nunca consigo!!!

    Você já conseguiu, agora falta eu. Tenho certeza que vou amar.

    ResponderExcluir
  2. Também vi este filme na TV. Que achei terrívelmente triste!!!

    A imagem no meu blogue é da Isabel Monteverde e é oferecida a todos os/as amigos/as virtuais dela, portanto também é para si, Pedrita!!!
    ... ela e vc são muito especiais." Que simpática, que é, Pedrita, ao achar-me "especial". Obrigada!
    Quem é realmente especial e muito talentosa, é na verdade, a Isabel.

    Beijos, Teresa

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Nesse sábado, vou assistir ao filme Jean Charles... Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Este é um comentário-convite:
    Estou começando uma promoção em meu blog e ficarei muito feliz se você participar.
    Conto com você.
    Beijos e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  5. Também quero muito assistir. Pena que ontem não deu.

    ResponderExcluir
  6. eu vi este filme, mas não consigo lembrar porque elas se suicidam,,,

    ResponderExcluir
  7. Pedrita, eu ainda não vi este filme. Há séculos quero vê-lo e nunca da certo. Deve ser muito bom mesmo. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Também assisti ao filme no Telecine Cult e adorei. Sempre pegava da metade e não conseguia entender, por causa da extrema poeticidade e lirismo com que é composto.

    Senti-me emocionada e feliz de ver um filme assim, tão tocante.

    Boa dica!! Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Pedrita nao conheco o filme, mas pelo video me pareceu muito louco mesmo, rs.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Vimos o filme na época da estreia e será sempe de destacar as interpretações de Kathleen Turner, essa mãe possessiva e do extraordinário James Woods, esse actor eternamente esquecido pela Academia de Hollywood. "As Virgens Suicidas" obra de estreia de Sofia Coppola permanece como o seu filme mais importante, hoje em dia infelizmente um pouco esquecido.
    Beijinhos
    Paula Rui Lima

    ResponderExcluir
  11. Sofia Coppola é extraordinária, e este filme revela-o, consolidando depois a sua carreira como realizadora com obras deslumbrantes.
    É uma das minhas realizadoras preferidas.

    ResponderExcluir
  12. Tem um selinho pra vc no meu blog! Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Porque uma virgem haveria de se suicidar sem se casar antes?

    ResponderExcluir
  14. Oi Pedrita! Tudo bem? Ainda se lembra de mim? ...Pra variar, sempre ótimas dicas de filmes, parece realmente ser um filme muito interessante! Beijos

    ResponderExcluir
  15. carla, ana maria e marion, o filme foge de vcs tb. caramba!

    ematejoca, é realmente triste, mas é poética a forma como a diretora relata a história.

    olho de pombo, não fica claro. a história delas é contada pelos meninos do outro lado da rua, q pouco viam. acho q eles mesmos nao sabem.

    georgia, o vídeo é um clipe da música com trechos do filme. adorei esse clipe.

    paula e rui, as virgens suicidas é muito cult aqui no brasil. não há quem não fale nesse filme.

    paula, adorei, mas uma não se mata virgem não, muito pelo contrário e isso nem a ajuda a se demover do propósito.

    ResponderExcluir

Bons comentários!