domingo, 25 de outubro de 2009

Notas Soltas Sobre um Homem Só

Assisti Notas Soltas Sobre um Homem Só (2008) de Carlos de Moura Ribeiro Mendes no Reserva Cultural, dentro da progra-mação da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Vocês se lembram que tinha visto o DVD sobre Camargo Guarnieri, esse documentário é uma expansão do DVD. No DVD tem o documentário e um outro DVD com o concerto gravado no Theatro Municipal de São Paulo, o diretor escolheu colocar nesse documentário maior o concerto integral. O documentário fala do processo de composição de Camargo Guarnieri. Em várias entrevistas, músicos e compositores falam das escolhas técnicas, tendências e influências que marcaram o processo de criação de Camargo Guarnieri.

Pela influência de Mário de Andrade e por amar ser brasileiro, Camargo Guarnieri tem em seus trabalhos um lado nacionalista. Gostei de ouvir a entrevista com Gilberto Mendes que faz o contraponto, já que é de outra corrente, a vanguarda. Esse documentário tem cenas de uma entrevista com o Camargo Guarnieri. E é sempre belíssimo rever na telona o concerto com a Orquestra Sinfônica Municipal, sob regência de Lutero Rodrigues e o violinista Luiz Filipe. Majestoso! Na entrevista Lutero Rodrigues conta que o concerto apresentado fazia 60 anos que não tinha sido levado aos palcos já que a crítica achou um absurdo ter em um concerto instrumentos como a cuíca. Só ouvindo vários trechos de sua obra que conseguimos ver a magnitude desse compositor. Dessa vez consegui trechos desse concerto no youtube pra dividir com vocês.



Youtube: Camargo Guarnieri: Temas musicais






Beijos,

Pedrita

6 comentários:

  1. A crítica sempre arranja algo pra achar ruim... O que custa uma mera cuiquinha numa orquestra? Se o cara é nacionalista... É obvio que ele vá colocar algum instrumento brazuca.

    ResponderExcluir
  2. Ai que vc aproveita mesmo tudo. Tá certa.

    Bjus

    ResponderExcluir
  3. Oi Pedrita.

    Nunca fui assistir um filme da mostra. Morro de vontade mas apesar de estar perto dos cinemas nunca me animei a ir.
    Não sei porque mas espero os filmes sairem no circuito ...
    Bobagem minha.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  4. Arrasou...ainda não vi nada da mostra, acredita???? :(

    ResponderExcluir
  5. Vc é pura cultura....às vezes, nem sei o que comentar....sério mesmo!
    Sua vida cultural é tão diversificada, que dá uma pontinha de inveja (inveja branca pode!)
    Bj

    ResponderExcluir
  6. tati, não acho q toda crítica, algumas sim.

    elvira, muitos dos filmes da mostra nunca entram em cartaz, e alguns raramente na tv a cabo. hj o número aumento de filmes que entram no circuito, mas alguns só na mostra mesmo.

    carla, eu estou na correria acho q devo ficar só nesse mesmo.

    la socière, obrigada.

    ResponderExcluir

Bons comentários!