sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Santiago


Assisti ao documentário Santiago de João Moreira Salles no Canal Brasil. O É tudo Verdade fez uma parceria com o Canal Brasil e cede alguns documentários que estão em sua programação. Esse é inacabado. O Amir Labaki comentou antes de começar que o João Moreira Salles começou esse documentário em 1992 e parou o projeto. Em 2005 retomou, mas novamente não finalizou. É uma preciosidade incrível! João Moreira Salles tinha resolvido em 1992 filmar o mordomo que vivia naquela época em um pequeno apartamento no Leblon. João Moreira Salles é filho de um diplomata e o mordomo trabalhava em uma casa que tinha 22 empregados, muitas recepções, inclusive com visitas de Juscelino Kubitschek e João Goulart. Eram tantos empregados que havia uma cozinheira só para os empregados.
Além de todas essas precio-sidades, Santiago é uma aula de cinema. João Moreira Salles critica pratica-mente todas as suas escolhas, comenta sobre vários recursos que utilizam em filmes. O mordomo Santiago também é outra peculiaridade. Ele viveu na Itália, foi a grandes teatros, viveu na Argentina, ia a concertos e ao Teatro Colón. Quando foi mordomo viajou muito com o seu patrão e conheceu vários países. Tocava piano e escrevia sobre nobres europeus.
Escrevia a máquina e fechava os cadernos com fitas vermelhas que vinham de Paris. Tudo de uma riqueza impressionante. E o olhar de João Moreira Salles é algo indescritível. Obra de arte!

Youtube: Santiago



Beijos,

Pedrita

7 comentários:

  1. Mais uma dica excelente. Obrigado, my friend. Bj

    ResponderExcluir
  2. não entendi o sentido disso,
    filmar um mordomo de um diplomata,,,,

    ResponderExcluir
  3. j moreira salles é irmão do walter salles?

    ResponderExcluir
  4. Valeu a dica...um beijo e bom fim de semana!!!

    ResponderExcluir
  5. respondi no meu blog ao seu comentario....
    passa la,,
    bjs

    ResponderExcluir
  6. olhodepombo - joão moreira salles queria filme o mordomo que trabalhou na sua casa. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  7. Que interessante , Pedrita. Adoro esse tipo de documentário. Que idéia genial de filmar um mordomo. E que coisa, uma empregada só para cozinhar para os empregados. Tb com tantos empregados...

    Bjus

    ResponderExcluir

Bons comentários!