sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O Bem Amado

Assisti no cinema ao filme O Bem Amado (2010) de Guel Arraes. Fui no cinema do Shopping Vila Olímpia que descobri por indicação da Marion. Fiquei mais feliz ainda quando descobri que correntista do Itaú paga meia. Pelo que entendi é preciso pagar com o cartão do Itaú, em débito. Eu e minha mãe adoramos O Bem Amado. Obviamente que o texto do Dias Gomes é incrível. O filme é ambientado na transição política brasileira na década de 70 e no início da ditadura. Enquanto a novela foi muito censurada, o filme pode ser mais incisivo. Sucupira é simbolicamente o Brasil e em mapas acompanhamos a triste história do país unida a idêntica de Sucupira.

Incrível como O Bem Amado é atual e que bom que passa nesse período de eleições. Nos divertimos muito, mas na forma ágil e de fácil abordagem entendemos muitas questões, corrupções e manobras políticas para chegar ao poder e nos explorar. Guel Arraes tem um estilo excelente para o cinema, ágil, com edição impecável e toda entrecortada acompanhamos essa trama tão bem amarrada. O elenco também é maravilhoso. Marco Nannini está excelente como Odorico Paraguaçu. Excelente as irmãs Cajazeiras interpretadas por Zezé Polessa, Andréa Beltrão e Drica Moraes. Matheus Nachtergaele é Dirceu Borboleta e trabalha para o Odorico.

A filha do Odorico é interpretada brilhantemente pela Maria Flor, mais bela que nunca. Caio Blat é o jovem jornalista. Tonico Pereira interpreta o opositor do Odorico. José Wilker o Zeca Diabo. O coveiro é interpretado pelo Edmilson Barros. Bruno Garcia também aparece no elenco. A trilha sonora é ótima!



From Mata Hari e 007
Beijos,









Pedrita

10 comentários:

  1. A mais culta! :)

    Pedrita, que bom que gostou do cinema. Acredita que ainda não fui no cinema do Vila Olímpia? O dia que tentei ir para ver Salt, não deu certo, a sessão era dublada.

    Ainda não vi este filme. Agora sabendo que a Maria Flor está no elenco fiquei com mais vontade de ver. Sou fã dela.

    Beijos! :)

    ResponderExcluir
  2. Já foi ver? Que rápido! Aqui só estreou hoje. No cinema que vou sempre, correntistas do Itaú também têm desconto.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que nem preciso dizer que eu amei esse filme, não é mesmo? rs
    Mas eu amo o Marco Nanine, ele arrasa em qualquer personagem e não foi diferente nesse filme.
    Bacio carissima e boa semana

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Não pretendo assistir a esse filme... Mas valeu a dica da Vila Olímpia.. Correntista do Itaú paga meia... Interessante.. Ontem assisti ao filme Mais velozes mais furisos 4... Muita cena de ação.. Pouco texto.. Filme que não faz muito minha cabeça... Bjs, Fabio

    ResponderExcluir
  5. Oi Pedrita.

    Ainda não tive tempo de ver mas quero muito.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  6. mais um filme que não chegou ao nosso país, mas como sabemos no nosso país, basta a presença desse enorme actor chamado José Wilker, para a qualidade navegar por aí.
    Beijinhos
    Paula e Rui Lima

    ResponderExcluir
  7. marion, acho q vai adorar o bem amado. achei q vc já tinha ido no cinema por lá.

    ana maria, aqui estreou há umas 4 semanas. vc vai gostar.

    fatima, vc vai amar.

    lunna, realmente o nanini arrasou. q legal q vc tb já viu esse ótimo filme.

    fabio, credo, eu não daria o meu dinheiro pra velozes alguma coisa.

    elvira, vc vai gostar.

    paula e rui, esse é possível que chegue.

    ResponderExcluir
  8. Só o Nanini e o José Wilker já valem o filme. E o grande barato da produção é que o humor não é datado! Mais atual do que nunca.

    Cultura na web:
    http://culturaexmachina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Quero ver, quero ver!!!

    Legal mesmo e ver que nosso cinema melhorou, evolui, cresceu e se modernizou!!!

    beijos

    ResponderExcluir

Bons comentários!