domingo, 4 de junho de 2017

Através da Sombra

Assisti Através da Sombra (2015) de Walter Lima Jr. no TelecinePlay. Eu tinha esquecido da existência desse filme, só depois de um tempinho é que lembrei que vi uma matéria sobre ele. Gostei muito, mas não entendi o final. Fui na internet buscar informações e levei um susto, é livremente inspirado no livro A Volta do Parafuso de Henry James que amo de paixão e todas as adaptações. A resenha do livro está nesse blog e uma de suas adaptações.

Eu adoro o gênero. Uma professora vai trabalhar em uma fazenda de café. O café não é mais o mesmo. Para justificar o eterno nevoeiro do livro, o café precisa ser queimado o tempo todo. Tudo é assustador, lindíssimas as locações. Virgínia Cavendish é a professora, adoro essa atriz. E amo os atores que fizeram as crianças, Mel Maia e Xande Valois. A governanta é interpretada pela maravilhosa Ana Lúcia Torre. Outra atriz que adoro interpreta a cozinheira, Dja Marthins. A belíssima fotografia é de Pedro Farkas.

Gostei bastante dos novos contornos da trama. O roteiro é do próprio diretor e de Adriana Falcão. Os funcionários são na maioria negros, mas parece não ter mais na escravidão. Os atores são: Romeu Evaristo e Dandara Mariana. Bem interessante essa indefinição do tempo. Os fantasmas são interpretados por Alexandre Varella e Isabel Guerron. Domingos Montaguer faz uma pequena participação no início, o texto arrepia, já que fala muito de morte. Há uma sexualização muito latente. Claro, as crianças gravaram em separado e o filme foi depois editado, mas Através da Sombra é bem picante. E gostei demais dos novos contornos do garoto. Ele é expulso da escola mas nunca descobrimos por quê. E é um perfeito machinho: "A minha fazenda", "Toca agora pra mim"... Ele quer sempre mandar na casa e é mimado pela governanta. O final ficou muito diferente e igualmente tomou outros contornos, podiam ter mudado totalmente e deixado mais claro, porque o filme é incrível. 
Beijos,
Pedrita

22 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Novo Mundo tem o mérito de valorizar Leopoldina... Grande mulher em nossa História. Ótima dica do livro! Adoro biografias históricas. Bjs, Fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, uma blogueira disse que a novela foi baseada nessa biografia que li. tb adoro biografias históricas. que bom que temos mais agora no brasil.

      Excluir
  2. Olá, Pedrita!
    Apesar de não gostar de alguns de filmes brasileiros, esse eu assisti e gostei. Sou fã de suspenses.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Anotei e depois do jantar vou procurar para gravar.
    Não sou fã de cinema nacional.

    Anotei, também, "Tudo vai ficar bem " e o "Pequeno Príncipe" para gravar.

    Estou vendo no IPAD(Telecine Play)" O sol é para todos", com Gregory Peck.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, acho que vai gostar de todos esses. eu não vejo no ipad nem por decreto. esse filme sol é para todos é maravilhoso.

      Excluir
  4. Vou assisti-lo! Nunca tinha lido a respeito!

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sté, vi uma única matéria sobre esse filme.

      Excluir
  5. acho que vale a pena conferir!! bjs
    http://unhasdaraquel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oláááááá Pedrita
    Não conhecia o filme nem o livro, achei bem interessante essa livre interpretação em que os contornos são diferenciados, inclusive o final!
    Fiquei curiosa e vou procurar assistir e tb conhecer o livro.
    Excelente semana pra ti
    Bjs Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, vc ia amar o livro e os filmes.

      Excluir
  7. Preciso confessar, geralmente eu odeio filmes brasileiros e quando vejo atores brasileiros dificilmente eu assisto =/
    rsrs

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
  8. Olá Pedrita,
    Deve ser bom esse filme.
    big beijos

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia. Acho que vou gostar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bruxa, acho que vai gostar muito sim, é muito bom.

      Excluir
  10. Huumm, vou ver, também gosto do A outra volta do parafuso, do Henry James.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, melhor esquecer o filme que foi inspirado. mas é muito interessante. gostei muito.

      Excluir

Bons comentários!