domingo, 1 de junho de 2014

Cine Holliúdy

Assisti Cine Holliúdy (2012) de Halder Gomes no Canal Brasil. Queria muito ver esse filme. Tinha visto uma matéria onde falava dos inúmeros espectadores, 481.203 espectadores ao cinema em 2013 e faturou 4,9 milhões de reais. O longa Cine Holliúdy veio de um curta que ganhou vários prêmios e teve muito sucesso. O longa conseguiu ser realizado pelo primeiro edital do Ministério da Cultura para filmes de baixo orçamento.

Cine Holliúdy tem várias tiradas engraçadas. Logo no início avisam que será legendado porque o filme é em cearencês. A história é mais nostálgica, já que o Francisgleydisson quer montar um cinema em uma cidade que a televisão ainda não chegou, já que a televisão vem destruindo os cinemas por onde passa. No final um letreiro me entristeceu. Dos 184 municípios do Ceará, só 5 atualmente tem cinemas. Muito triste a falta de acesso a cultura nesse país.

O ator Edmilson Filho é impagável. Ele começou estudando Kung Fu e é faixa preta de Taekwondo. As cenas de lutas são hilárias. Ele vai com a família para a cidade de Pacatuba, que inclusive é um dos apoiadores do filme. Sua mulher é interpretada por uma atriz que adoro, Miriam Freeland. Uma graça o menino que faz o filho deles, Joel Gomes. Adorei os filmes que fizeram para exibir nos cinemas. Hilários. Cine Holliúdy é uma graça, nostálgico, engraçado, com ótimas piadas, crítico com a falta de acesso a cultura, inteligente. A transposição para o longa fez em alguns momentos ficar um pouco arrastado, não tão bem editado, mas gostei bastante.

O elenco é excelente: Jorge Ritchie, Angeles Woo, Márcio Greyck, Karla Karenina e Fernanda Callou. Há participações estrelares. Roberto Bontempo faz o prefeito de Pacatuba, Falcão interpreta um cego. Alguns outros mais conhecidos são Fiorella Mattheis e Rainer Cadete. A trilha sonora de canções bregas é deliciosa.

Beijos,
Pedrita

14 comentários:

  1. SAbe que vi esse nome no seu blog, ou nem sei onde e fui procurar? Não achei.
    Ontem, revi Diário de uma paixão, pelo Netflix, mas vendo na TV grande(pelo Chromecast).

    As ervas que sua mãe congela, em saquinhos, ficam verdinhas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, esse filme é engraçado. não vi diário de uma paixão.

      Excluir
  2. Vc assiste Downton Abbey? Sabe de quem Edith está grávida?
    Não consigo assistir pelo Youtube.
    Perdi os capítulos, quando viajei.

    ResponderExcluir
  3. Aqui em Fortaleza lotou os cinemas em várias semanas. Tanto que não consegui ir. Esgotava os ingressos logo. Foi um sucesso grande aqui. Doida para ver. E o jeito da gente falar é bem engraçado mesmo, as vezes falo bem Cearês...rsrs...
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, foi exatamente uma matéria sobre as filas nos cinemas q me fez querer ver esse filme. não deixe de ver.

      Excluir
  4. Não conhecia esse filme, valeu a dica.
    big beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Pedrita,
    Já comecei a rir com o nome!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Passou até no Canal Brasil no mês passado, mas ainda não consegui assistir.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hugo, eu tb não tinha conseguido ver.

      Excluir
  7. n sei se já viu mas tem madrugadas q a globo passam filmes ótimos tb bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aninha, eu não vejo filmes de madrugada, e na globo fico sempre com receio que diminuam o tempo para encaixar na programação.

      Excluir
  8. Oi, Pedrita,

    Este eu também quero ver, meu marido nordestino está curioso para
    ver o 'nordeste' na tela, rsrs.

    Beijo

    ResponderExcluir

Bons comentários!