segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Um Belo Domingo

Assisti no cinema Um Belo Domingo (2013) de Nicole Garcia. Se fosse pelo casal que estava na frente na fila da bilheteria não escolheria esse filme, a senhora disse para o marido que esse filme não era bom. Mas os outros não me interessei e fui ver esse. Que bela escolha, que belo filme. O roteiro lembra um pouco o filme dinamarquês Festa de Família. Muito surpreendentemente triste. O filme se passa em um fim de semana.

Um professor de matemática, alegre com os alunos vai fechar a escola e um garoto ainda está por lá. Ele vai embora mas vê da sua casa que o menino ainda está lá esperando alguém buscá-lo. Ele vai levá-lo para a casa do pai e vê que o menino não é bem-vindo lá. O professor sugere então ficar com o garoto no fim de semana. O garoto então inventa que quer ir para a praia no dia seguinte e leva o professor até a mãe dele que é uma mulher com muitos problemas, mas ela gosta do filho, só não tem como cuidar dele. Esse abandono é recorrente no filme todo. Esse abandono não só do garoto, mas da vida de todos. Gostei demais do elenco. Muito bonito o ator que faz o professor interpretado por Pierre Rochefort, ele é filho da diretora.

Todos são muito bonitos. A bela moça é interpretada por Louise Bourgoin. O menino por Mathias Brezot. Alguns outros do elenco são: Dominique Sanda, Déborah François, Olivier Loustau, Jean Pierre Martins e Vanessa Liautey. Um Belo Domingo é um belo filme.




Beijos,
Pedrita

10 comentários:

  1. Oi, Pedrita!
    Não gosto muito de basear na opinião dos outros sobre filmes, livros, etc. Cada gosto é tão subjetivo não é mesmo?
    Big beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lulu, eu costumo ouvir de algumas pessoas que tem gosto parecido comigo.

      Excluir
  2. Já não vou ao cinema há muito tempo, nem tenho visto filmes, mas entre a cinematografia europeia a francesa é para mim a que consegue maior diversidade preservando a qualidade. Este não deve ser exceção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carlos, tb não vou muito ao cinema. eu tenho gostado muito da diversidade dos filmes brasileiros.

      Excluir
  3. Você pode utilizar a opinião de outras pessoas para comparar com a sua após ver o filme, não vale deixa de assistir por uma crítica ruim, como bem disse a Lulu, gosto é subjetivo e pessoal.

    Quero conferir este filme.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. fatima, é triste, mas é sobre superação.

      Excluir
  5. Não sei se gostaria. Porque, raramente gosto de filme que não seja americano.
    Acho, sempre, que não entendo as outras linguagens cinematográficas.

    ResponderExcluir
  6. Quero muito assistir. Aqui ainda não estreou e não consegui ver no Festival Varilux.

    OOhhhh Lindo mesmo esse ator! E falando francês, fica ainda mais lindo! =)

    ResponderExcluir

Bons comentários!