sábado, 20 de agosto de 2016

Game of Thrones - 6ª Temporada

Assisti Game of Thrones - 6ª Temporada na HBO On Demand. Foi a primeira vez que vi uma temporada que estava indo ao ar na mesma época. Vi o primeiro quando o terceiro ia ao ar. Terminei a 5ª Temporada com a no ar. E já engatei a . Foi a primeira vez que assisti com os spoilers aparecendo. Antes como eu estava bem no começo, os spoilers não interferiam tanto, nem chamavam tanto a atenção, mesmo eu não querendo prestar muito a atenção.

Game of Thrones continua incrível, mas boa parte dos personagens que mais gosto sofreram muito, mas muito mesmo. Deu dó do sofrimento da Arya. Eu achei meio torturante o treinamento dos sem face, mas achava que era para um bem melhor, eu e provavelmente a personagem nos decepcionamos quando descobrimos que os sem face vivem de pequenos serviços. Se pagam para matar alguém, não querem saber se a pessoa está sendo injustiçada ou não. Arya então acha que a atriz que tem que matar não merece morrer. O calvário da Arya nesse treinamento já era um horror e só piora. Por sorte ela fica muito magoada com a falta de lealdade do grupo dos sem face e parte. Termina essa temporada ela retomando as vinganças que desde pequena desejava. 

Os irmãos Starks começam a se reencontrar e eu imagino que o público queira o mesmo que eu, todos juntos novamente.  É lindo demais. E esse seja o caminho natural da série, começar de onde parou. Mas com todos machucados, feridos, com suas inocências perdidas. Triste demais o que a Sansa passa e como ela se transforma. Impressiona muito quando ela tem prazer em ser igualmente sádica com o seu estuprador, muito triste. Jon Snow morre e ressurge. A bruxa é banida. Quando eu li que as cenas de guerra duravam 20 minutos, eu fiquei com preguiça de continuar, e demorei um tempo para voltar a ver. Não acho que durou tanto. Há várias nuances, momentos, cortes, não chega a ser 20 minutos de luta. A edição é sempre excelente.

É inacreditável, mas eu fiquei com pena da Cersei, o que ela passa nessa temporada é de cortar o coração. Apesar de má, muito má, ela é a única que consegue efetivamente destruir o fanático Pardal que em nome de uma religião comete atos bárbaros regados a absurdos de preconceito. 

Insuportável o rei e filho da Cersei ficar fanático, menino babaca. A rainha, uma personagem e atriz que gosto, parecia que queria salvar o irmão antes de destruir o Pardal. Essas reviravoltas que não esperamos é o que mais gosto de Game of Thrones. Antes de sabermos seus planos reais, pode ser que a avó conte no próximo episódio, ela é destruída inserida no plano da Cersei. E o babaca do rei, fraco, se destrói junto. Muito triste como os filhos da Cersei, fruto do incesto, vão sendo tragicamente dizimados.

Gostei do encontro entre Targaryen e Tyrion. A união acontece na 5ª Temporada e na 6ª vemos os conselhos e manobras políticas do Tyrion. Esses encontros improváveis são fascinantes em Game of Thrones. Claro, o amigo de que acha que ele deve seguir até a Targareyen. Ele torna-se então a mão da Rainha. Sofri insuportavelmente com os dragões presos, finalmente nessa temporada são tirados do cativeiro e das correntes. Muita crueldade.

E como cresceu o Isaac Hempstead Wright, está lindo, com porte e rosto exótico, ele interpreta Bran Stark. Com a ajuda do seu mestre ele começa a desvendar o passado. É a forma da série contar o que aconteceu, pelas viagens do Stark. Não vejo a hora dele se unir aos seus irmãos. Um dos seus irmãos, o que andava com ele, é traído por uma acompanhante dele e tragicamente assassinado. Muito triste.

Depois de passar o pão que o diabo amassou Greyjoy ajuda Sansa a fugir, se redimindo um pouco com os Starks e reencontra sua corajosa irmã. Adoro as personagens femininas, fortes na maioria, mesmo as vilãs. Sua irmã Yara, interpretada por Gemma Whelan, é uma grande guerreira. Eles continuam sofrendo, um tio assume o poder, eles fogem e vão lutar para retomar o poder. Como disse, foi a primeira vez que vi a temporada que estava em vigor, agora não tenho mais para ver e a primeira vez que deu a sensação de expectativa e angústia pela demora para começar a 7ª temporada. Acho que era mais confortável quando tinha vários episódios a ver.




Beijos,
Pedrita

14 comentários:

  1. Mesmo sendo um grande sucesso, é uma série que não me chamou a atenção quando foi lançada.

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Eu não acompanho a série, ela virou um grande, ENORME, fanfic do livro de qualidade inferior... então desisti dela na segunda temporada. Mas sempre dou aquela olhadinha marota nas resenhas para vê o que acontece.

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pandora, é incrível. os livros não li.

      Excluir
  3. Fiz muitas tentativas de tentar gostar e assistir, mas desisti. Ainda tem uma temporada pra 2017, né? Quando sai temporada nova os fãs enlouquecem.

    ResponderExcluir
  4. Olá Pedrita
    acho que sou a única que não assistiu nenhuma temporada da série, vai ver que é porque vivo em outro planeta rsrs
    VC mandou super bem como sempre, fiquei inspirada a dar uma olhadinha em GOT!
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, eu tb não via. qd vi no now resolvi dar uma olhada, mas tinha certeza q não ia seguir. amei.

      Excluir
  5. Oi, Pedrita!
    Tb nunca assisti Game of Thrones e quem assiste é viciadíssimo. Só vejo o pessoal comentando nas redes sociais.
    big beijos

    ResponderExcluir
  6. Hello, Pedrita!
    Lendo a resenha e vendo as imagens, fiquei interessada em assistir. Obrigada pela partilha!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  7. Não vi nada dessa série.
    Sei que não é coisa que me interesse.
    Eu nunca que vou entender uma história assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, e é muito violenta, acho que não gostaria realmente.

      Excluir

Bons comentários!