segunda-feira, 21 de novembro de 2016

O Regresso

Assisti O Regresso (2015) de Alejandro G. Iñarritu no TelecinePlay. Eu quis muito ver esse filme quando estreou nos cinemas, mas quando podia ver só estava em sessões bem tarde. Gosto de ver filmes no cinema perto da hora do almoço. Iñarritu está entre meus diretores preferidos, merecido ter levado o Oscar pelo O Regresso

E eu adoro o trabalho do Leonardo Di Caprio. Ele realmente merecia um Oscar por esse filme e muitos outros porque é impressionante, que grande ator. O Regresso é baseado em fatos reais. Há um livro de Michael Punke que agora quero muito ler que é sobre um homem em 1822 que é caçador da Companhia de Peles Montanhas Rochosas.
Ele acaba sendo atacado por um urso, fica gravemente ferido e precisa ser levado em uma maca pelo grupo. Dá uma agonia tanta neve, água e frio. Ele tem um filho que teve com uma índia que amava e foi morta. O grupo resolve deixar alguns com o enfermo e seguir, com a promessa que eles cuidem do doente. Ficam três pessoas, o filho, um traidor e um rapaz. O traidor mata o filho dele, convence o outro rapaz a abandonarem o doente, tenta enterrá-lo vivo. Claro que esse homem sobrevive e segue em vingança.

Mas com muito, muito sofrimento. Inicialmente ele só consegue se arrastar. Depois um índio o ajuda. Há muitos conflitos entre caçadores de peles americanos, franceses e índios. Uns índios roubam as peles dos americanos para vender aos franceses. E há muita morte e vingança. Lembro de uma entrevista com o Di Caprio onde ele dizia que foram difíceis as gravações, que ele passava boa parte do tempo molhado e com muito frio. Eu imagino porque várias cenas são de água em região de neve. Dá muita agonia.
Nos delírios ele lembra do seu amor que foi interpretada por Grace Dove. O filho por Forrest Goodluck. O traidor por Tom Hardy. O garoto por Will Poulter. O chefe por Domhall Gleeson. Um índio por Duane Howard.

As paisagens são belíssimas e que fotografia feita pelo Emmanuel Lubezki que também levou o Oscar. Mas parece tão frio que é melhor só ver mesmo pela TV.
A Liliane do Paulamar já falou do filme, agora vou lá ler.



Beijos,
Pedrita

14 comentários:

  1. Bom dia, Pedrita,

    Vi este filme na época do lançamento e gostei! Alejandro Iñarritu conseguiu fazer com que o espectador mergulhasse nas situações mostradas, como se fizesse parte delas, e este é um dos grandes trunfos dessa obra. E o DiCaprio se saiu muito bem, fazendo jus ao Oscar que ganhou.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marly, realmente o filme é incrível. lindos lugares. pena que não vi no cinema.

      Excluir
  2. Hello, querida Pedrita!
    Eu não assisti, pelas imagens e sinopse fiquei curiosa.
    Amo os trabalhos do Leonardo Di Caprio, ele é top e lindo!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. andréa, é muito bom, mas bem violento.

      Excluir
  3. Ainda não vi esse filme! Acho que iria ficar morrendo de frio só ao assistir!! rsrs... Dá uma agonia só as fotos!
    Beijos
    adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adriana, realmente, tava frio aqui, mas eu acho q devo ter sentido mais frio ainda só pelo filme, dá muita agonia.

      Excluir
  4. Já ouvi falar desse filme, mas não vejo filmes assim porque fico muito nervosa.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky
    Vídeo novo no canal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lulu, realmente angustia. estava com receio tb, mas a vontade de ver era maior.

      Excluir
  5. Olá Pedrita!
    Esse filme é muito bom, eu gostei muito, ele é intenso e tenso!
    As paisagens, a fotografia, os cenários, as atuações, a direção, são mara!
    Leonardo deu um show de interpretação! Parabéns!
    O livro de Michael Punke tem la´suas diferenças, mas de certa forma o filme captou muito bem aquilo que é considerado campo de pesquisa portanto real e subtraído as lendas. Diz-se que foram mesmo reais, o ataque do urso, ter sido deixado para morrer e a vingança.
    No livro não tem o filho de Glass. Eu achei que nesse ponto foi muito interessante como o diretor conduziu a trama. Achei o personagem forte e emocionante.
    Um filme que fala da sobrevivência e tb da redenção.
    Que pena troquei esse livro faz uns dois meses por A Noiva Fantasma, se eu soubesse que vc queria ler te enviava ele.
    Amei a sua resenha <3
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. luli, incrível mesmo. ah, o livro deve ser muito bom. achei q forçaram algumas cenas e ficou muito improvável sobreviver na água gelada. ah, q coisa inventar o filho índio. ah, isso detestei. pena mesmo pq ia amar ler o livro.

      Excluir
  6. Pedrita, gostei do filme mas achei muito longo, muito violento.
    Era baseado numa história real e não podia ser diferente.
    As imagens são belíssimas.
    Deve ter sido sofrido, toda filmagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. liliane, realmente é muito violento. é a marca desse diretor. é muito lindo mesmo. mas imagino a dificuldade de filmagem para todos. imagina viver lá e trabalhar no q eles trabalhavam. q sufoco.

      Excluir

Bons comentários!