sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Sonata

Assisti a peça Sonata de Christina Trevisan no Teatro Sérgio Cardoso. É inspirada no belíssimo texto fantástico de Érico Veríssimo. Não tinha lido esse texto, que beleza, que frases mágicas. Adoro textos fantásticos. São três atores no palco. Um professor de piano que não gosta do seu ofício, mas não sabe fazer outra coisa interpretado por Ricardo Koch Mancini. Ele gosta de compor, mas vive das aulas.

Fotos de Marcelo Villas Boas e Jack Bones

Uma musa, aluna de piano, interpretada por Janaína Alves. E um outro ator, Fernando Lourenção, que faz vários personagens. O professor de piano vai a biblioteca pública ver jornais do ano que nasceu. Ele se depara com um anúncio procurando um professor de piano, com endereço, uma casa com um anjo triste na porta. Ele vai a rua e se surpreende que a casa ainda está lá, os arranha-céus ainda não a destruíram. Quando ele entra na casa descobre que está no ano que nasceu. Fica então a peça entre a vida dele e o ano que nasceu. Amei o vestido da aluna de piano, linda a atriz também, todos os três muito bonitos. A música foi composta especialmente para a peça por Rodrigo Hyppolito. Sonata fica em cartaz até dia 28 de fevereiro.


Beijos,

Pedrita

8 comentários:

  1. Deve ser maravilhosa mesmo Pedrita e inspirada no texto de Érico Veríssimo, não tem como dar errado!

    Beijinhos, bom fim de semana ♥

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Eu fui ao Teatro Folha conferir a peça da Vera Fischer... Gostei não... Portanto, não indico. Neste fim de semana, assistirei Elle e A Chegada... Se conseguir comprar o ingresso ... Os cinemas estão lotados... Já dei com a cara na bilheteria algumas vezes neste ano.. Bjs, Fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fabio, meu amigo está querendo ver a peça com a vera fischer, eu não estou animada. como sou eu que tenho desconto vá assim mesmo. quero demais ver elle, mas só tem sessão à noite, horário que não costumo ir ao cinemas. gosto de ir perto do almoço. ah, eu não vou ao cinema, teatro, qualquer evento se tiver o risco de eu dar com a cara na porta. só vou com a certeza de ver. odeio perder a viagem e perder meu tempo.

      Excluir
  3. Texto de Érico Veríssimo deve ser bom.
    Mas a história contada achei confusa.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria muito de ver esta peça, sou muito ligada na questão do tempo e nas mudanças que ele produz.

    Beijoca

    ResponderExcluir

Bons comentários!